sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

a lua e eu

rubens oficial

a lua e eu...
a lua e eu...
não sou o sol
sou o só

Tatuí, 2010

sábado, 25 de dezembro de 2010

crianças surpreendem... QUEM COME MATO

Gaby brincava com o tio, respondendo perguntas.
Agora,diga, que animal come mato: leão, onça ou macaco?
Macaco não é, diz a petiz,  porque faz xixi...
O tio ri largado, o que tem a ver?
Ora, Tio Bu, se ele faz xixi no mato, como vai comer?

2010, Tatui

terça-feira, 30 de novembro de 2010

O dilema de Oséias

Vejam em que situação ficou o vereador Oséias. Primeiro alguém se atreveu a decorar a repartição dos Bombeiros com símbolos católicos como se fosse sua casa. Aí veio um comandante politicamente incorreto e mandou retirar tudo em nome do estado laico. Agora os políticos não podem errar, politicamente falando. Os vereadores aprovaram uma moção de repúdio, menos o Oséias. É claro que o Oséias não concorda com as imagens e crucifixos na sede dos bombeiros nem pode concordar. Só os católicos concordam. Se fosse uma imagem do preto velho, só os umbandistas concordariam. Fosse um buda... Mas o Oséias não é nada disso, é evangélico. E estava bem quieto, na sua. Aí os vereadores inventaram de reagir contra o comandante. E o Oséias no fundo não concorda com nada do que foi feito, a colocação, a retirada, a moção de repúdio. Então ele não assinou a moção, mas explicou que também não está apoiando o chefe dos bombeiros. Mais ou menos aquela velha piada: não sou contra nem a favor, muito pelo contrário.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

domingo, 31 de outubro de 2010

Veja trecho de matéria de Suplicy sobre penas alternativas

Vou comentar hoje um estudo muito interessante realizado pelo Grupo Candango de Criminologia, da Universidade de Brasília, veiculado na imprensa brasileira, em vários jornais, como o jornal Correio Braziliense, o blog de Luiz Nassif e outros. 
    
Trata-se de pesquisa com pessoas apenadas por furto e roubo que foram submetidas à ressocialização. Segundo as conclusões do trabalho, as penas alternativas impostas, ao invés de penas restritivas da liberdade, facilitaram a reinserção dos condenados na sociedade e diminuíram a reincidência no cometimento de crimes.
    
Segundo a matéria, o estudo inédito, feito ao longo dos últimos quatro anos, analisou em detalhe as fichas criminais de 407 homens condenados pelos dois tipos de crimes no Distrito Federal – o furto e o roubo – entre 1997 e 1999. Dos que cumpriram penas alternativas, como o pagamento de cestas básicas ou prestação de serviço à comunidade, 24,2% cometeram delitos novamente. Já os que receberam sanções mais severas da Justiça e pagaram pelos erros cometidos em regime fechado tiveram índice de reincidência de 53,1%. 
    
Trata-se de “um resultado preocupante” – em certo sentido – “pois ratifica o que muitos dizem por aí: que a cadeia é a escola do crime. Quem passou pela prisão tem mais chance de voltar a ela”, conclui a Promotora de Justiça Fabiana Costa, uma das coordenadoras da pesquisa. 
    
Por outro lado, trata-se de um resultado muito relevante, pois indica o quanto  seria positivo venha para a  Justiça a adoção, mais e mais, do sistema de penas alternativas. 

sábado, 30 de outubro de 2010

A polêmica de correr descalço

Surgem no Brasil corredores que dispensam os tênis para tentar se proteger de lesões. Mas não há consenso entre os especialistas sobre os benefícios da prática




Por Rachel Costa
Revista IstoÉ, 2010.10.27

Nos Estados Unidos, aposentar os tênis na hora de correr não é mais novidade. Naquele país, mais de 250 pessoas reuniram-se no domingo 10 para a primeira corrida sem calçados de Nova York. O evento é um entre os mais de 60 catalogados pela Sociedade Americana dos Corredores Descalços – entre provas e workshops. Por aqui, observa-se o surgimento de grupos desses corre dores e de pontos de encontro para a troca de informações na internet.

Um dos focos impulsionadores desse movimento está na Universidade de Harvard. Pesquisador do departamento de biologia da evolução humana da instituição e corredor descalço, Daniel Lieberman causou rebuliço ao publicar um artigo na revista “Nature” defendendo os benefícios da corrida sem calçado. Em seu estudo, Lieberman analisou 63 corredores e observou que aqueles que usam tênis tendem a inverter a pisada: em vez de usar o amortecimento natural do corpo, colocando primeiro a parte da frente e central do pé em contato com o chão e só depois o calcanhar, eles iniciam a pisada pela parte de trás do pé. 


Essa forma de pisar, segundo o americano, está associada a problemas como lesões do músculo tibial (responsável por tracionar o pé para cima). Sua conclusão é de que o corpo já teria as adaptações necessárias para absorver o impacto da corrida e, portanto, não precisaria do amortecimento dos calçados. “É absurda a ideia de que precisamos de um tênis superacolchoado para correr”, afirmou à ISTOÉ. Outra referência entre os corredores descalços é o livro “Nascidos para Correr”, do jornalista Christopher McDougall, lançado no Brasil neste ano. A obra conta como McDougall se viu livre das lesões após abandonar os tênis. Inspirado pelo exemplo do jornalista e pelas pesquisas de Lieberman, o médico Erik Neves, 40 anos, de Brasília, resolveu começar a treinar descalço. E chamou mais gente. O grupo recém-formado conta agora com cinco pessoas. “No Brasil estamos atrasados no assunto”, diz o médico, que montou um blog sobre o tema. Os praticantes contam ainda com a adesão dos usuários dos calçados minimalistas, espécie de sapatilhas para corrida, sem amortecimento. Em Curitiba, o casal Rodrigo Stulzer, 38 anos, e Maria Izabel Valdega, 37, usam. “Sinto menos dores no joelho”, diz Rodrigo.


O tema, porém, é controverso. “Não deixo meus alunos treinarem descalços e nem com sapatilhas”, diz Marcos Paulo Reis, dono de uma assessoria esportiva em São Paulo. Para Reis, tênis são fundamentais para reduzir o impacto sobre as articulações e evitar lesões. Mais moderado, Júlio Serrão, da Universidade de São Paulo, reconhece a importância do contato direto do pé com o chão. “Sem o tênis, aumenta o trabalho muscular, principalmente dos grupos musculares responsáveis pelo controle de choque, o que é positivo”, avalia. Para usufruir desses benefícios, no entanto, ele acredita não ser necessário correr descalço. “Se a pessoa andar descalça em casa, exercita esses músculos.” Por isso, ele aconselha a fazer o aquecimento e o relaxamento sem os calçados e, na hora do treino, calçar os tênis. “Criamos a ilusão de que temos uma dependência do calçado e isso não é verdade”, considera. “Mas ele é um artigo que ajuda no amortecimento, no controle da temperatura e na distribuição da pressão sobre a planta do pé.” Como se vê, a polêmica ainda tem muito fôlego.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Se o ponto mais alto da vida pública de José Serra foi o seu desempenho como ministro da saúde, o ponto mais baixo foi o da campanha eleitoral 2010, incompatível com um homem de bem. Propostas impraticáveis, falsas acusações, fingimentos etc deixaram Serra irreconhecível.

domingo, 19 de setembro de 2010

Dicas antigas de limpeza sem uso de produtos químicos

Limpe as janelas usando água morna com um pouquinho de vinagre e seque polindo com jornal para deixá-las brilhantes e sem marcas.


Mergulhe a roupa de linho manchada com vinho tinto em leite quente por alguns minutos antes de lavar.


Tire manchas da tábua de cozinha esfregando sal marinho e suco de limão; a combinação também é ótima para amaciar as mãos.


Limpe botas e bolsas de couro marrom com a parte de dentro da casca de uma banana e depois faça o polimento com um pano macio.


Acenda um fósforo no banheiro para queimar o mau cheiro, em vez de usar sprays químicos.


fonte: MSN Verde

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

EXERCÍCIO PARA CÉREBROS ENFERRUJADOS




Muito bom o teste, eu consegui, veja vc!
Não deixe de ler...

De aorcdo com uma peqsiusa
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as
Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê
anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.
Sohw de bloa. 

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

pensamento: Tolerância

Sejamos tolerantes. Muitas vezes quem nos contradiz, retifica-nos. Não julguemos ter o monopólio da verdade.
(Dr. Alberto Seabra)

Do livro Seleção de 5 Mil Pensamentos, de Pandiá Pându.

pensamento: Crítica

A crítica é uma matrona azeda, de óculos pretos e palmatória. (Paulo Setúbal)

(Do livro Seleção de 5 Mil Pensamentos, de Pandiá Pându.)

terça-feira, 31 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

LEIA E FIQUE ORGULHOSO


"35T3 P3QU3N0 T3XT0 53RV3
P4R4 M05TR4R

C0M0 N0554 C4B3Ç4 C0N53GU3 F4Z3R
C01545

1MPR35510N4NT35, R3P4R3 N1550!

N0 C0M3Ç0 35T4V4 M310 C0MPL1C4D0,

M45 N35T4 L1NH4 5U4 M3NT3 V41 D3C1FR4ND0 0

C0D1G0 QU453 4UT0M4T1C4MN3T3

53M PR3C154R P3N54R MU1T0. C3RT0?

P0D3 F1C4R B3M 0RGULH050 D1550.

5U4 C4P4C1D4D3 M3R3C3 P4R4B3N5!"

NÃO COMECE

Quem começa a fumar
compra suas muletas
para depois se aleijar.

trova / O Fumante

O fumante - perigoso
poluidor do meio ambiente,
nesta vida tem por gozo
poluir-se, internamente.


Rubens Oficial

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

GUERRA DOS SANTOS

Conheci uma pessoa com esse sobrenome: Guerra dos Santos. Mas os santos não fazem guerra. Não existem, para o cristianismo, guerras santas ou guerras justas ou guerras necessárias. O que o Mestre ensinou foi: "não resistai ao mal, mas vence o mal com o bem". Mas... e as guerras tais e tais? Não quero me referir a nenhuma guerra,a nenhum grupo religioso, a nada. Apenas afirmo categoricamente que não existe guerra cristã. Jesus foi preso na frente de seus discípulos e reprovou Pedro que desejou resistir à arma. Os apóstolos e os discípulos retratados nas escrituras sofreram grandes perseguições. Poderiam morrer, mas matar nunca. O sr. Guerra dos Santos tem esse sobrenome apenas por coincidência. São apenas sobrenomes. Mas guerra de santos não existe. 

sábado, 14 de agosto de 2010

A OLEOSIDADE NATURAL É A MELHOR HIDRATAÇÃO QUE EXISTE

Verdade. Composta por gordura, sais minerais e água, essa camada natural é chamada de manto hidrolípico, e tem a função de prevenir o ressecamento da pele e dos cabelos, além de protegê-los de agressões. Porém, algumas pessoas não a produzem de forma adequada,e precisam complementar essa produção natural com condicionadores, cremes e outros processos. Lembre-se ainda que agressões como a água muito quente retiram o manto hidrolípico, provocando ressecamento.

Adriano Moura (amoura@escrita.net), na Coop Revista 318, de agosto de 2010

Bruna Maéli recebendo o prêmio de campeã do Paulo Setúbal Show

Foto: jornalrol.com.br

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

achados... SEM TÍTULO

Paulo Setúbal

Qual estrela na ponta de meu dedo,
Parece um segredo.
Sei, não nego, Tatuí será por certo
O mundo que deixei, mas nada esqueci,
O pulso é forte e vou segurando perto
O balanço do berço em que nasci.

Agita o pássaro a pluma das asas,
Agita Tatuí seu louco e jovem coração,
Na rua o piso firme e a alegria nas casas,
Sempre agita uma vida, uma prece, uma canção.

Minha alma é irmanada ao lirismo da cidade,
Como filho, como um afeiçoado historiador,
Talvez, um dia, mãos unidas, em franca amizade,
Possa ser carregado na concha do seu amor.

(Esta poesia foi declamada pelo poeta Garcia Bittencourt no dia 08.08.1984, no Teatro Procópio Ferreira, em Tatuí. Disse Garcia que essa poesia foi-lhe dada por Silvio Azevedo e que Setúbal a teria escrito no balcão de um bar da Praça da Matriz, em Tatuí.)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Paulo Setúbal e o Aurélio

O que é grafonola? - perguntou a Maéli. Eu também não sabia. Maéli está se preparando para o concurso Paulo Setúbal Show e o tema deste ano é o livro Alma Cabocla. A palavra aparece na poesia Vida Campônia.

Vou ver no dicionário, respondi. Peguei o Aurelião e lá estava o verbete: Grafonola. S. f. Obsol. Fonógrafo: "E nessa calma, enquanto rola / A lua pela amplidão, / Subitamente se evola / O som duma grafonola, / Quebrando a paz do sertão." (Paulo Setúbal, Alma Cabocla, p. 37.)

Está aí a resposta. É fonógrafo. Alma cabocla me mandou para o Aurélio e o Aurélio me mandou de volta para o Alma Cabocla. Só que o "e" do primeiro verso, que aparece no Dicionário, não consta na obra de Setúbal. O Aurélio quebrou o pé do verso.

domingo, 11 de julho de 2010

foto

Fotografia que me foi enviada por Bruno Antunes
Fotos de Fotos de mural – Sonico

Conexão Cristã

Tive por bem mudar o nome de um blog. O que antes se chamava Comunicação Cristã passei a chamar Conexão Cristã. Consequentemente, o endereço também mudou, trocando o m pelo n, e mantendo o n final em substituição ao a com til.. Portanto, quem quiser conhecer esse blog deve ir para o endereço www.concristan.blogspot.com. O assunto é a vida cristã e janelas para a mídia em geral em assuntos pertinentes.

Que Deus abençoe meus amigos.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Futebol

O futebol, como o conhecemos, teve origem na Reino Unido, o que dá ao País o direito exclusivo de participar das copas com mais de uma seleção: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. A nomenclatura do esporte tem sua origem no inglês. No entanto, descobriu-se que na China, há cerca de 2.500 a 3.000 anos aC, já se praticava um esporte muito parecido com o futebol atual e os chineses foram reconhecidos pela FIFA como os inventores do esporte.

O futebol é para as pessoas esporte, recreação, exercício físico, espetáculo e profissão. Os times tem suas torcidas compostas por fãs influenciados desde crianças por pais e amigos. O fanatismo pode muitas vezes chegar à violência contra a torcida adversária. É curioso que esse fanatismo é exclusividade da torcida, já que os jogadores, sendo profissionais, defendem, não o seu time de coração, mas o seu empregador que lhe paga os salários. É comum um jogador ser considerado ídolo por uma torcida e, pouco tempo depois, atuar contra o time dela. 

O órgão dirigente máximo do futebol mundial é a FIFA. Um brasileiro, João Havelange, foi responsável pela disseminação do esporte no mundo. Foi com ele que a FIFA juntou um número de países membros maior que o das Nações Unidas. No entanto, ao contrário de outras federações esportivas, a FIFA não adota a tecnologia como ferramenta de transparência e justiça nos jogos. Considera que os erros dos árbitros é benéfica à divulgação do futebol por meio das polêmicas. E os árbitros acabam conhecidos como ladrões.

Como a maioria dos esportes, o futebol traz alegria e tristeza simultaneamente. É preciso que uns percam para que outros ganhem. Uns precisam chorar para que outros festejem. A Lei de Gérson - levar vantagem sempre - é a meta. Sem compaixão. Quando há forte rivalidade entre torcidas, chega-se mesmo a torcer pela derrota de certo time, mesmo que isso não traga nenhum benefício direto ao seu time do coração. A violência entre os jogadores também tem sido notada, verdadeiros crimes praticados contra colegas de profissão. Nota-se que as lesões corporais, mesmo sendo presenciadas por milhares de pessoas, gravadas em vídeos e transmitidas por televisão, ninguém é autuado pela Polícia ali presente. Por falar em Polícia, é ela que faz a segurança nos jogos, mesmo quando praticados em estádios particulares.

O copa mundial de futebol revela no Brasil a maior declaração de patriotismo do povo. As empresas e as repartições públicas fecham para que todos assistam aos jogos da seleção pátria. A bandeira do Brasil e o Hino Nacional passam a fazer parte do cotidiano das pessoas. 

Os jogadores de futebol, mesmo os medíocres, são mais conhecidos do que os cientistas com publicação em revistas especializadas. O torção de um tornozelo de jogador vende mais jornal do que a descoberta de uma vacina. O maior número de gírias no País é composto por termos oriundos do futebol. O presidente da República faz questão de utilizá-las. Futebol é assunto certo para fazer amizade entre nós, brasileiros.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Carta a Filemon

Paulo, prisioneiro de Jesus, o Ungido, e o irmão Timóteo ao amado Filemom, nosso cooperador, e à nossa amada Áfia, e a Árquipo, nosso camarada, e à igreja que está em tua casa: graça a vós e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus, o Ungido.


Graças dou ao meu Deus, lembrando-me sempre de ti nas minhas orações; ouvindo do teu amor e da fé que tens para com o Senhor Jesus, o Ungido, e para com todos os santos; para que a comunicação da tua fé seja eficaz no conhecimento de todo o bem que em vós há pelo Ungido, Jesus. Tive grande gozo e consolação do teu amor, porque por ti, ó irmão, as entranhas dos santos foram recreadas.


Por isso, ainda que tenha no Ungido grande confiança para te mandar o que te convém, todavia peço-te antes por amor, sendo eu tal como sou, Paulo, o Velho, e também agora prisioneiro de Jesus, o Ungido. Peço-te por meu filho Onésimo, que gerei nas minhas prisões; que noutro tempo te foi inútil, mas agora a ti e a mim muito útil; eu to tornei a enviar. E tu torna a recebê-lo como às minhas entranhas. Eu bem o quisera conservar comigo, para que por ti me servisse nas prisões das boas novas; mas nada quis fazer sem o teu parecer, para que o teu benefício não fosse como por força, mas voluntário. Porque bem pode ser que ele se tenha separado de ti por algum tempo, para que o retivesses para sempre, não já como servo, antes, mais do que servo, como irmão amado, particularmente de mim, e quanto mais de ti, assim na carne como no Senhor. Assim, pois, se me tens por companheiro, recebe-o como a mim mesmo. E, se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, põe isso à minha conta. Eu, Paulo, de minha própria mão o escrevi; eu o pagarei, para te não dizer que ainda mesmo a ti próprio a mim te deves. Sim, irmão, eu me regozijarei de ti no Senhor; recreia as minhas entranhas no Senhor.


Escrevi-te confiado na tua obediência, sabendo que ainda farás mais do que digo.


E juntamente prepara-me também pousada, porque espero que pelas vossas orações vos hei de ser concedido. Saúdam-te Epafras, meu companheiro de prisão pelo Ungido, Jesus, Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores.


A graça de nosso Senhor Jesus, o Ungido, seja com o vosso espírito. Assim seja!

domingo, 4 de julho de 2010

Diário de Tatuí

Sempre muito voltado para a minha cidade, criei neste blog uma seção chamada Diário de Tatuí. Mas os assuntos eram tantos que estavam predominando sobre os demais temas. Foi assim que resolvi criar um novo blog - diariodetatui.blogspot.com. Há pouco tempo, resolvi colocar contador de visitas nos meus blogs e tive grata surpresa. Muita visita e principalmente no Diário de Tatuí. Agora, estou preocupado de ter meu pouco tempo disponível absorvido por ele e que não esteja correspondendo às expectativas neste blog. Vou fazer o possível para não decepcioná-los por aqui.  []s

segunda-feira, 28 de junho de 2010

pensamento: Música

Como a poesia, a música retrata os estados da alma e as ondulações do coração, e concretiza os pensamentos invisíveis, e descreve o que há de mais belo nos desejos e sensações do corpo.
KHALIL GIBRAN

segunda-feira, 21 de junho de 2010

O que são as madeiras na orquestra?

Os instrumentistas do naipe das madeiras são responsáveis pela maioria dos solos importantes e, para alguns maestros, também pela manutenção da afinação de todo o conjunto e, por isso, sentam-se logo à frente do regente.

Quando uma orquestra está se preparando para o início de um concerto, repare que o spalla se levanta e faz um sinal para o primeiro oboista da orquestra, que emite um Lá. É a partir desta nota que todo o resto do grupo vai afinar seus instrumentos. A família das madeiras é composta por flautas, flautim, oboés, corne inglês, clarinetas, clarineta baixo ou clarone, fagotes e contra-fagotes.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Quem inventou a coxinha?

Pelo nome em português e pela popularidade que desfruta por aqui, imaginamos tratar-se de um produto da culinária brasileira. A maneira como surgiu também parece certa: uma coxa de frango empanada com uma massa, que caiu no gosto popular; a partir daí, foi necessário utilizar outras partes do frango para multiplicar o salgado; então, passou a ser enrolada em forma de coxa e recheada com frango desfiado; e, para lembrar o osso da coxa, espetava-se um palito de dente, o que até hoje é feito em alguns lugares.E a massa? Não sei exatamente a origem. Parece massa de risólis. O Ragazzo, rede de fast-food brasileira de comida italiana, tem na coxinha seu chamariz, muito boa por sinal. Eu continuo achando que a coxinha é nossa. 

terça-feira, 15 de junho de 2010

Veja se você está no peso ideal

A cópia não saiu tão boa. Cruzando sua altura com seu peso, você encontra seu IMC - Índice de Massa Corporal. Se o resultado cair no Azul Escuro, você está abaixo do peso ideal. Azul claro = peso saudável. Branco = excesso de peso. Roxo = obesidade grau 1. Amarelo = obesidade grau 2. Laranja = obesidade grau3.       

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Conheça os metais da orquestra

Instrumentos de sopro são instrumentos musicais em que o som é produzido pela vibração de uma coluna de ar. De modo geral, a afinação dos instrumentos de sopro dependem do tamanho dos tubos (quando existentes). Quanto maior é o instrumento, mais baixa é a afinação e mais grave é a sonoridade.


Donos de grande potência sonora, os metais ficam atrás das madeiras e assim não encobrem os sons dos demais instrumentos da orquestra.


O timbre destes instrumentos depende em geral do meio de produção de som (palhetas, lábios, arestas), do formato e do comprimento dos tubos.


O naipe é formado por trompetes, trompas, trombones e tuba.

domingo, 13 de junho de 2010

O primeiro gol do Brasil no Exterior foi tatuiano

O primeiro gol do Brasil no exterior foi marcado a 10 de agosto de 1913, em Buenos Aires, por intermédio de Juvenal de Campos Filho, conhecido por Naná.
Foi também o primeiro jogo e a primeira vitória do futebol brasileiro fora do nosso território. Dois a zero para o Brasil foi o resultado final.

O gol de Naná ocorreu aos trinta e três minutos do primeiro tempo, quando, recebendo um cruzamento rasteiro do ponta-esquerda Formiga, mais ou menos à altura das marca do pênalti,  pela meia-esquerda, chutou de primeira com o pé esquerdo, baixo e cruzado, sem defesa para o goleiro Pearson, da Argentina.

Juvenal é natural de Tatuí, onde nasceu em primeiro de janeiro de 1895.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Prêmio DARDOS

O PRÊMIO DARDOS representa o reconhecimento de valores culturais, éticos, literários, pessoais e de criatividade nos blogs.

REGRAS:
1 - Aceitar e exibir a imagem.
2 - Linkar o blog, do qual recebeu o prémio.
3 - Escolher blogs para entregar o PRÊMIO DARDOS.


terça-feira, 1 de junho de 2010

Por recorde, alemães constroem violino que pesa mais de 100 kg


Instrumento tem 4,28 m de comprimento e 1,45 m de largura.
Peça foi criada por Ekkard Seidl e Frank Schlegel.

Do G1, em São Paulo


Os alemães Ekkard Seidl e Frank Schlegel construíram em Markneukirchen, na Alemanha, o maior violino tocável do mundo.Os alemães Ekkard Seidl (camisa rosa) e Frank Schlegel (camisa xadrez)
construíram em Markneukirchen, na Alemanha, o maior violino tocável do mundo.
(Foto: Uwe Meinhold/AFP)
O instrumento tem 4,28 metros de comprimento, 1,45 metro de largura e pesa mais de cem quilos.O instrumento tem 4,28 metros de comprimento,
1,45 metro de largura e pesa mais de cem quilos.
(Foto: Uwe Meinhold/AFP)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Não gosto da palavra ódio

Não gosto da palavra 'ódio'. Deixo de participar de muitas comunidades on line por usar essa palavra. Existe até comunidade 'eu odeio caldo de cana', pode? O mundo está cheio de ódio. E ódio é o contrário de amor. Deus é amor. Eu não odeio nada. Acho até que vou criar uma nova comunidade: 'eu não odeio nada'. Que acham? É isso. Eu oo... é... não gosto da palavra 'ódio'. 

domingo, 30 de maio de 2010

Felicidade Interna Bruta - o que é isso?

As pessoas felizes não ficam sozinhas

Do R7 - Cientistas das universidades do Arizona e de Washington, nos Estados Unidos, queriam saber se pessoas felizes e infelizes mantêm diferentes tipos de conversa.

Segundo o estudo, que foi divulgado nesta quinta-feira (4) na revista científica da Associação de Ciências Psicológicas, análises das gravações revelaram algumas novidades sobre a felicidade das pessoas.

Quanto maior o nível de bem-estar dos participantes, menos tempo eles passam sozinhos e mais tempo conversando com outras pessoas.

Os mais felizes gastaram 25% menos tempo sozinhos e 70% mais tempo conversando do que os mais infelizes.

Além da diferença em relação à quantidade de interações sociais que as pessoas felizes e infelizes tiveram, também houve uma diferença nos tipos de conversas em que elas se envolveram.

Os participantes mais felizes tiveram duas vezes mais conversas com conteúdo e apenas um terço deles teve a mesma quantidade de papo de elevador (conversas superficiais) quanto os mais infelizes.

Essas descobertas sugerem que uma vida feliz está diretamente relacionada a uma vida social com conversas profundas em vez de de uma vida solitária e superficial.

Os pesquisadores supõem que, embora a descoberta não seja capaz de identificar a causa, conversas com conteúdo podem ter o potencial de tornar as pessoas felizes.

Assim como a autorrevelação pode criar um sentido de intimidade em uma relação, conversas profundas podem criar um significado nas interações entre as pessoas.

Os voluntários da experiência usaram um discreto dispositivo de gravação chamado Gravador Ativado Eletronicamente (EAR) por quatro dias. O aparelho grava periodicamente fragmentos de sons enquanto os participantes tocam suas vidas.

Na experiência, o EAR gravou amostras de som de 30 segundos a cada 12,5 minutos, somando mais de 20 mil gravações.

Os pesquisadores ouviram essas gravações e identificaram as conversas em papos corriqueiros, no estilo de conversas de elevador, e em conversas com conteúdo. Além disso, os voluntários fizeram testes de personalidade e de bem-estar. 

Encontros pessoais trazem mais felicidade

Do R7 - Nada nos faz mais felizes do que as nossas famílias e entes queridos, com a convivência cara a cara sendo preferida em vez dos contatos online, revelou um estudo nesta terça-feira (11).

O Barômetro da Felicidade, realizado em 16 países, foi baseado no índice Coca-Cola Happiness, que entrevistou entre 500 e 1.000 pessoas por país.

Cerca de 40% dos entrevistados disseram que voltar a ver seus entes queridos depois do trabalho é o momento mais feliz do dia, enquanto que mais de 20% disseram que esse momento era a refeição com suas famílias.

Por outro lado, apenas 5% disseram que são mais felizes quando entram em contato com amigos online, e ainda menos (2%) disseram que o primeiro SMS (mensagem de texto) do dia é motivo de alegria. As famílias e os parceiros são a maior fonte de felicidade para quase 80% dos entrevistados, e os amigos representam quase 15% dela, concluiu o estudo.

A pesquisa diz que "a fama não é suficiente para ser uma das principais fontes de felicidade". Segundo o estudo, "a verdadeira felicidade depende da nossa ligação com as pessoas, especialmente através do amor e da bondade".

Abraços e comida também fazem muita gente feliz, especialmente no Reino Unido e na Rússia, onde quase 30% das pessoas disseram que é provável encontrar conforto em um abraço ou procurá-lo em algum alimento.

Os países estudados incluem Brasil, França, Itália, Espanha, Reino Unido, Bélgica, Bulgária, Romênia, Turquia, Rússia, África do Sul, China, Filipinas, Argentina, México e Estados Unidos.

Quem tem mais de 50 é mais feliz?

Do R7 - A vida parece mais colorida depois dos 50, diz um novo estudo. Pessoas com mais de 50 anos geralmente são mais felizes e sofrem menos estresse do que jovens adultos com mais de 20 anos, revelaram pesquisadores da Universidade Stony Brook, nos Estados Unidos.

Os resultados foram baseados em um estudo do Instituto Gallup - realizado por telefone, em 2008, com mais de 340 mil americanos -, e só foram revelados agora porque os pesquisadores levaram em conta outros fatores que pudessem contribuir para diferenças no bem-estar: se os participantes eram casados, tinham filhos em casa ou estavam empregados.

Sentimentos como felicidade, prazer, estresse, preocupação, raiva e tristeza mudaram com a idade, mas revelaram padrões bem diferentes.

Por exemplo, o estresse e a raiva diminuíram da juventude à velhice. Mas a preocupação se manteve constante até os 50, quando ela começou a cair. Os níveis de tristeza aumentaram um pouco no começo dos 40 e diminuíram na metade dos 50, mas a tristeza como um todo não mudou muito ao longo do tempo.

Homens e mulheres mostraram padrões de bem-estar muito parecidos ao longo do tempo.

Embora as mulheres tenham apresentado níveis mais altos de estresse, preocupação e tristeza do que os homens, elas atingiram os mesmos níveis de felicidade deles e disseram se sentir bem em relação à vida delas.

Existem diversas teorias que explicam por que as pessoas se sentem melhor com o passar do tempo que não têm a ver com o estilo de vida.


Pode ser que as pessoas mais velhas controlem melhor suas emoções do que as mais jovens. Ou por que as pessoas mais velhas se lembram menos de fatos negativos e por isso são mais felizes.

Ou ainda por que pessoas mais velhas focam menos o que alcançaram ou não na vida e mais em como aproveitar melhor o resto de suas vidas. 

As mulheres são mais estressadas

sábado, 29 de maio de 2010

"Deus é Lindo"

Nomes errados em documentos não é novidade. A família da minha mãe tem registros de sobrenome Berger, Berges, Borges... O que eu queria contar é que conheci uma pessoa de nome Deuzelino que traz em seus documentos (RG, CNH etc) o nome Deuzelindo. Achei muito interessante porque soa 'Deus é Lindo'. Mais uma curiosidade: ele não havia percebido o erro. 

sexta-feira, 28 de maio de 2010

A percussão na orquestra

O naipe de percussão está localizado ao fundo do palco.
É uma das famílias com maior número de possibilidades sonoras. No entanto, dependendo da peça interpretada, podem se juntar ao grupo músicos extras, que vão tocar tambores, pratos, bombos, caixas, triângulos, pandeiros, glockenspiel, xilofones, celestas, carrilhões, castanholas, tantãs, chicotes, maracas etc.
Nem sempre é preciso um músico para cada instrumento. O percussionista pode se encarregar de dois ou mais instrumentos.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Origem folclórica do nome de Tatuí

O saudoso folclorista Alceu Maynard de Araújo assim explica o significado do nome de Tatuí:

"Na língua de nossos antepassados bugres, em tupi, significa 'a água ou o rio do tatu, onde moram tatus'.

"Mas no folclore encontramos uma explicação para o nome dessa acolhedora cidade paulista. Ali na volta do Vai-e-Vem, do Rio Lavapés, certa vez um camarada, numa noite de luar, saiu a caçar um tatu que vira justamente quando estava ocupado a apear as bruacas de seus animais vaqueanos. (E tatu, não sendo tatu-cavalo, não é pitéu que se perca). Procura que procura, o dono da tropa chama pelo seu piá, puxador de égua madrinheira, dizendo-lhe que não perdesse tempo, que fosse dormir. Este responde: "não, patrão, eu vô inté onde o tatu í."

Então, cada vez que passavam pelo pouso, repetiam a estória do tatu í."

segunda-feira, 24 de maio de 2010

"Frases nos ônibus das delegações na Copa da África" (colaboração de Rogério Lopes)


Como todos sabem, a FIFA organizou um concurso em cada país onde a frase mais votada estampará as laterais dos ônibus de suas 
delegações. Seguem algumas das frases vencedoras:

ESLOVÊNIA: “Alguém sabe onde fica a Eslovênia?”

PARAGUAI: “Vendemos álbum da copa atualizado.”

ARGENTINA: “Ajoelhem-se, os deuses estão aqui dentro.”

ESLOVÁQUIA: “Nos libertamos da tcheca, agora vamos à copa!”

MÉXICO: “Rumo à Acapulco!”

GRÉCIA: “Vende-se ônibus Hyundai, 10/11, baixíssima quilometragem.”

PORTUGAL: “Manuel à bordo.”

HAITI: “A África do Sul vai tremer!”

EUA: “Em busca da Taça e do Bin Laden!”

FRANÇA: “Agradecemos ao juiz pela vaga alcançada.”

IRÃ: “Essa copa vai BOMBAR!”

COLÔMBIA: “Coca: patrocinadora oficial da seleção colombiana.” JAPÃO: “Podemos não ficar em primeiro na copa, mas sempre ficamos em medicina na USP.”

CHINA: “Taça copa oliginal: tlinta xinco leais. Anchamento!”

quarta-feira, 19 de maio de 2010

a... Zélia e Rubens

...e aqui começa
a grande ópera...

Que o Mestre os guarde na sublime esperança
do caminho reto-certo dos bem-nascentes,
na escalada firme e na esperada bonança
dos que amam, dos que vivem, dos persistentes.

Penso num gesto... como se todos jogassem
ramos, botões coloridos, em seus caminhos,
mas, num sorriso, vocês os transformassem
numa passarela, cheia de rosas, sem espinhos.

Régios castelos de paz já conquistados,
cantarão loas à família então constituída
num terno abraço-beijo-amor de namorados.

E no meu aperto de mão, refletindo a vida,
neste presente de sinceros versos amealhados,
desejo... na luz do Senhor, a bênção merecida.

Com toda felicidade
do amigo

GARCIA BITTENCOURT

07.01.1984


Presente de casamento que recebi de meu amigo poeta Garcia Bittencourt, de quem a saudade me aperta.

Pasto

foto: Rubens Oficial

sábado, 15 de maio de 2010

O Fundo dos Teus Olhos

.
Quantos segredos, quantos mistérios
em teus olhos, querida!
Às vezes penso que, entrando por teus olhos,
chagaria ao fundo do teu ser,
no íntimo da tua alma,
onde estás escondida de mim.
Mas tenho medo de entrar.
- São tão profundos os teus olhos!
Talvez possa me perder,
talvez não saiba voltar.

Quantos convites em teus olhos, querida!
São como a profundidade de um arranha-céu,
que nos diz: vem! vem te consumir!
Ou a profundidade do mar,
que nos diz: vem! vem se afogar em meus abraços!

Quanta alucinação em teus olhos, querida!
São como o caminho para o infinito,
para onde caminhamos, caminhamos
e nunca chegamos a lugar algum,
mas à vontade de sempre caminhar.

Mas tenho medo de entrar.
Talvez possa me perder,
talvez não saiba voltar.


Boituva, 30.01.1981

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Veja a Lei 12.007 que nos livra de ter que guardar montes de comprovantes de pagamento

LEI Nº 12.007, DE 29 DE JULHO DE 2009.

Dispõe sobre a emissão de declaração de quitação anual de débitos pelas pessoas jurídicas prestadoras de serviços públicos ou privados.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o As pessoas jurídicas prestadoras de serviços públicos ou privados são obrigadas a emitir e a encaminhar ao consumidor declaração de quitação anual de débitos.

Art. 2o A declaração de quitação anual de débitos compreenderá os meses de janeiro a dezembro de cada ano, tendo como referência a data do vencimento da respectiva fatura.

§ 1o Somente terão direito à declaração de quitação anual de débitos os consumidores que quitarem todos os débitos relativos ao ano em referência.

§ 2o Caso o consumidor não tenha utilizado os serviços durante todos os meses do ano anterior, terá ele o direito à declaração de quitação dos meses em que houve faturamento dos débitos.

§ 3o Caso exista algum débito sendo questionado judicialmente, terá o consumidor o direito à declaração de quitação dos meses em que houve faturamento dos débitos.

Art. 3o A declaração de quitação anual deverá ser encaminhada ao consumidor por ocasião do encaminhamento da fatura a vencer no mês de maio do ano seguinte ou no mês subsequente à completa quitação dos débitos do ano anterior ou dos anos anteriores, podendo ser emitida em espaço da própria fatura.

Art. 4o Da declaração de quitação anual deverá constar a informação de que ela substitui, para a comprovação do cumprimento das obrigações do consumidor, as quitações dos faturamentos mensais dos débitos do ano a que se refere e dos anos anteriores.

Art. 5o O descumprimento do disposto nesta Lei sujeitará os infratores às sanções previstas na Lei no 8.987, de 13 de fevereiro de 1995, sem prejuízo daquelas determinadas pela legislação de defesa do consumidor.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

tua ausência

Desde aquele beijo
que me deste sem motivo,
a tua ausência ao meu lado
é como um vácuo em meu ser.
Parece que meu brinquedo
caiu no quintal do vizinho.
Um amor que nasceu tarde, 
justamente na hora do adeus.

Desde aquele sorriso,
intraduzível, artesanado
por um coração desconhecido,
a tua ausência ao meu lado
é como a vida distante.
É como a ventura nos ares
soprados por um tufão.

Desde aquele abraço
acorrentado ao meu pescoço,
me sinto prisioneiro.
E você é a minha liberdade.


Tatuí, 05.09.1979

sob medida

Quando surgiste em minha vida,
me parecias uma encomenda.
Eras exatamente do número
do meu coração.
Te aconcheguei à minha alma
e fui feliz.
Eras a menina do dedo verde,
que enchia de flores os meus caminhos.

Passaram-se dias de triunfo.
Durante um ano,
foste para mim um anel de grau.
E me senti bacharel em matéria de amor.

Mas, passaram-se os dias!
E partiste como uma mensageira
que cumpriu sua missão.
Serena e sem vacilar.
Como surgiste, sorrindo te vi na despedida.

E agora?
Outra pessoa calejará meu coração.
Sei que não serei mais feliz.

- Em matéria de amor não conquistei licenciatura plena.


Tatuí, 1979

coração

Sinto um vazio em mim.
Um vazio de você.
Como é difícil
essa distância!
É como se em mim
faltasse um membro
- um membro ligado ao coração.
Por mais que eu ordene
- vai, coração, vai! -
não adianta.
Está está estagnado,
não caminha.
- Prostrou-se aos teus pés.
Você surgiu como uma venda,
não me deixa ver além de você.
Parece que tudo, tudo
se concentrou em você.
Mas de que adianta,
Se não me amas?
E eu queria todo o seu amor,
não parte dele.
Dessa forma, você se cansaria de mim,
alguém que não é tudo.
Por isso, então, eu grito:
Vai, coração, vai!


Tatuí, 27.04.1980

distância

Tu vives em mim
como um guardião,
no meu pensamento,
no meu coração.

Estando feliz,
te vejo ao meu lado.
Ao não te encontrar,
me ponho calado.

Por todo lugar
teus passos busquei,
porém foi tão triste
quando eu te encontrei.

Ao ver-te sorrindo,
não pude sonhar,
pois só vi distância
em teu lindo olhar.


Tatuí, 1978

amor...

Faz alguns meses apenas
que nos encontramos na praça
e você, um tanto sem graça,
até se esqueceu das cenas.

Foi algo sem esperar,
como há tantos iguais.
Eu via em você nada mais
que amiga de conversar.

Mas, quem me vê e me viu,
não sou o daquele dia,
pois o amor (não previa)
nasceu, cresceu e evoluiu.

Você, tão linda e querida,
foi-me bondosa e sincera,
o que, hoje confesso, era
a alegria da minha vida.

O tempo assim foi passando,
o amor em mim foi crescendo,
mas logo fui percebendo:
- você não me estava amando.

Não sei se foi um castigo,
mas o amor que tanto esperava
de você um dia estava
nos braços de meu amigo.


Tatuí, 19.01.1980

namoradinha

Minha namorada é pequenina,
bonitinha que... só vendo!
Tem uma boquinha delicada e doce
e suaves são suas palavras de amor.
Parece que traz o coração aos lábios.
Tem os olhos tão profundos,
como profundo é o mar da paixão.
Seus seios arfam, suspirando,
como se buscasse bem no fundo
e trouxesse para mim o seu coração.
- Parece que traz o coração aos lábios.

Minha namorada é para mim um lenitivo,
me suaviza o caminho, despedindo
toda tristeza e tornando mais doces
minhas alegrias.
Ela é minha companheira.
Faz parte de mim.
Sua foto, junto à minha,
guardo numa carteirinha
verde de esperança.


Tatuí, 27.07.1980