domingo, 13 de maio de 2018

Esta é a Cacau, minha cachorrinha. Quando não tem colo, se contenta com o meu pé.


antologia / Mario Quintana

Mãe

Mário Quintana

São três letras apenas
as desse nome bendito.
Também o céu tem três letras
e nelas cabe o infinito.

Para louvar a nossa mãe,
todo bem que se disser
nunca há de ser tão grande
como o bem que ela nos quer.

Palavra tão pequenina,
bem sabem os lábios meus,
que és do tamanho do CÉU


e apenas menor que Deus.

sábado, 12 de maio de 2018

cata-frases / Leandro Karnal

“quem lê a revista Veja não está dividido com nada; é absolutamente fascista, tapado, em qualquer sentido” - historiador Leandro Karnal , em 2015.

domingo, 6 de maio de 2018

Representantes do Judiciário brasileiro deixaram a retidão

Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração, escreveu Davi. Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça, disse Jesus.

A retidão é alegria para os justos e, para o injusto, é no mínimo segurança jurídica. A certeza de que não haverá injustiça.

Atualmente, vivemos no Brasil a insegurança jurídica. Representantes (não todos) do poder judiciário brasileiro deixaram a retidão, a equidade, para alcançar o desejo de seus corações impuros, a condenação e a absolvição conforme seus interesses.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Minimalismo

Uma das ideias de que gosto é a do chamado Minimalismo. Veja algumas coisas que aprendi: a quantidade de coisas que nós temos não é importante. Importantes são as coisas que nós usamos. Pensemos no que realmente gostamos. Olhemos para aquilo que já temos. Vamos comprar bem e comprar pouco. Comprar produtos bons e apenas o suficiente. Vamos usar muito as coisas das quais gostamos, sem preocupação em repetir roupas e acessórios.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Aniversário 2018





mandato compartilhado / Proposituras do vereador Sallum (PT)

Proposituras do vereador Eduardo Dade Sallum (PT)

Nº 418/2018 - 23/04/2018 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que através do órgão competente promova com parcerias com editais de entidades públicas e privadas a revitalização do acervo do Cordão Folclórico Tatuiense, o Cordão dos Bichos, o mais importante ícone do folclore do município.

Nº 417/2018 - 23/04/2018 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que através do órgão competente investigue a situação do estado de conservação da maquete do antigo Theatrão e caso seja necessário, realize a sua revitalização e posteriormente o disponibilizando para o público.

Nº 900/2018 - 23/04/2018 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) para que o conjunto arquitetônico da antiga Fábrica São Martinho, já tombado pelo Condephaat SP, seja reconhecido como patrimônio histórico por sua importância no desenvolvimento da indústria têxtil brasileira.

Nº 899/2018 - 23/04/2018 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Srª Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe através do órgão competente, qual o estado de conservação da maquete do antigo Theatrão, acervo do Museu Histórico Paulo Setúbal?

Nº 898/2018 - 23/04/2018 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Srª Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe através do órgão competente, há possibilidade de promover, através de parcerias, a revitalização do acervo do Cordão Folclórico Tatuiense, o Cordão dos Bichos, o mais importante ícone do folclore do município?

domingo, 22 de abril de 2018

fitoterapia / Prostrata

Euphorbia prostrata (Foto: Rubens Oficial / DT)

Euphorbia prostrata (Foto: Rubens Oficial / DT)

A Euphorbia prostrata é conhecida por Quebra-pedra rasteira. Mas não há nenhuma pesquisa comprovando que ela tem as mesmas propriedades da outra Quebra-pedra, a Phyllanthus niruri. Acho melhor chamá-la por outra nome. Sugiro Prostrata, porque faz todo sentido, pois ela é rasteira, prostrada.

A boa notícia é que ela também tem grandes propriedades medicinais. A mais destacada é a sua utilização no combate às hemorroidas. Em muitos países se comercializa fitoterápicos com a Euphorbia prostrata com essa finalidade. Traduzi as indicações mostradas nas embalagens: Reduz o sangramento e a inflamação. Alivia a dor e a coceira. Parece fantástica. Daniel Forjaz recomenda 100 mg de extrato seco da Prostrata por 3 dias a 2 semanas, conforme o caso. Ou infusão de duas colheres de sobremesa da planta para cada xícara de água pelo mesmo período.

Outras utilidades da planta são: depurativa, anti-inflamatória, contém látex cicatrizante (Austrália), contra picadas de cobra (EUA). Antioxidante à altura da vitamina C, anti-inflamatória, anti-histamínica, analgésica igual ou melhor que o diclofenaco, protetor hepático à altura do Cardo mariano, bactericida eficiente contra a salmonela. Combate diarreias bacterianas.

Por se tratar de planta rasteira, está mais sujeita a contaminações. Por isso, é indicada a sua desinfecção. Daniel Forjaz indica: deixe a planta por 5 a 10 minutos numa solução de 5 litros de água com 1 colher de sopa de hipoclorito.

As fotos acima fiz em Tatuí SP, no quintal da Casa da Práxis, na Rua Prudente de Moraes, perto do Mercado Municipal.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Jornal O Progresso de Tatuí













Minha identidade funcional do jornal O Progresso de Tatuí, de 1977. Constava como colaborador do setor de reportagem por falta de curso de jornalismo, exigência da época. Meu serviço era a reportagem e a redação. Fui sucessor de José Teixeira de Almeida, apresentado à redação pelo jornalista Walter Mota, que me conheceu pela revista Aldeia Global.

Ela é assinada por José Nascimento, diretor do jornal, que cuidava da parte administrativa. O jornalista responsável era Vicente Ortiz de Camargo, que também trabalhava no Conservatório de Tatuí. Sua mulher, Marina da Coll, era proprietária da empresa.

Lembro que ainda trabalham no jornal, nessa época, os tipógrafos José Paulo de Moraes e seu irmão, Cassemiro Cordeiro fazia entregas. Eram colaboradores: Walter Silveira da Mota (filósofo), Hélio Reali (colunista), Macedo Dantas (escritor), Cecê César Junior (jornalista), Maurício Loureiro Gama (jornalista), Enio Teodoro Wanke (poeta), Paulo Roberto Camargo Barros (poeta), Luiz Gonzaga Oliveira (poeta), entre outros.  

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Comemorando 800 inscritos no YouTube



Hoje, nosso despretensioso canal no YouTube atingiu 800 inscritos e, antes que fizesse o print, já havíamos ultrapassado a marca. Satisfação.

domingo, 15 de abril de 2018

cata-frases / Eduardo Bolsonaro

“Sua otária! Quem você pensa que é? Tá se achando demais. Se você falar mais alguma coisa eu acabo com sua vida”.

A jornalista Patrícia Lélis divulgou em sua página no Facebook um vídeo que mostra as mensagens trocadas com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A conversa ocorreu no aplicativo Telegram e, como estava programada para ser autodestruída, a jornalista filmou com outro celular. Ela entregou a gravação à polícia.

O deputado diz à jornalista: “Sua otária! Quem você pensa que é? Tá se achando demais. Se você falar mais alguma coisa eu acabo com sua vida”. Ela pergunta se é uma ameaça e o parlamentar responde: “Entenda como quiser. Depois reclama que apanhou. Você merece mesmo. Abusada. Tinha que ter apanhado mais pra aprender a ficar calada. Mais uma palavra e eu acabo com você”.

domingo, 8 de abril de 2018

Laboratório de Urbanismo e Sustentabilidade - Oficina de Permacultura: vermicompostagem

Na tarde deste domingo, 8 de abril, tivemos oficina de vermicompostagem na Casa da Práxis, dirigida pelo tecnólogo em silvicultura Renato Bueno. Aprendemos a fazer nossa própria composteira, além de absorver muito do conhecimento científico sobre permacultura. Ao final, Renato sorteou mudas de plantas alimentícias não convencionais. Ganhei uma de 'peixinho da horta'. Minha filha Maéli ganhou uma de 'ora-pro-nóbis'. Tive sorte dupla, porque ganhei ainda uma composteira já com húmus e minhocas brasileiras e californianas.   





terça-feira, 3 de abril de 2018

Panc do dia: Hibisco-colibri

Hibisco-colibri. Foto: Rubens Oficial
Em Tatuí e em muitos lugares do Brasil, o Hibisco é chamado de Sapateira. Eu não sabia o porquê. Mas acho que descobri. Em outros lugares, ele é chamado de Graxa ou Graxa de Estudante. Isto porque diz-se que suas pétalas (ou folhas) são boas para dar brilho aos calçados, ou seja, aos sapatos. Então, está aí: sapateira. Também já vi ser citada como Mimo de Vênus.

O Hibisco é famoso pelo chá, feito de botões florais. É comestível, não sei se todos. Eu já comi hibisco-colibri (foto), aquele que a flor não se abre. Deixa a salada bonita e tem bom sabor. Recomendo.

Como medicinal, destaco seus efeitos contra a obesidade, como antioxidante e para o fígado. Daniel Forjaz diz que também tem efeito semelhante ao fármaco Captopril.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

biodiversidade / Turnera

Turnera subulata (Foto: Rubens Oficial)

A 'Turnera subulata' ou 'Turnera ulmifolia' é uma planta brasileira e de toda a América tropical. Como nomes populares de referência, encontrei 'chanana' (Daniel Forjaz e UFPE) 'seca-estrepe' (Embrapa) e 'flor do Guarujá' (Mercado Livre). Também conhecida popularmente como 'flor do meio dia' ou 'albina'. Gosta de pleno sol e não suporta geada. A foto acima é da Rua Bento Pires, no centro de Tatuí SP. 

Trata-se de uma planta invasora e ruderal, mas também alimentícia e medicinal. Comem-se as flores. As folhas dão ótima infusão (chá). O nome 'flor do meio dia' deve-se ao fato de se abrir ao amanhecer e se fechar por volta do meio dia (como um cigarrinho). São flores diárias. Comi suas flores em meio a uma salada de escarola. Não fotografei porque as flores se fecharam.

Fitoterapia: As folhas da turnera não apresentam toxidade relevante. É usada, em forma de infusão, como antioxidante, anti-inflamatório (muito útil para colite e síndrome do intestino irritável), como protetor gástrico (recuperação da mucosa do estômago), hepatoprotetor, redutor da glicemia, antibiótico (também usado para potencializar antibióticos, como a neomicina), bactericida (eficiente contra a Staphylococcus aureus e a Escherichia coli), antitumoral (80% de eficiência contra tumores mamários) e combate a AIDS (a tintura da Turnera controla o HIV e aumenta a produção de leucócitos).

Não confunda com a Turnera diffusa, que é outra planta. Conhecida como Damiana, apresenta flores amarelas e de menor tamanho. Trata-se de uma planta afrodisíaca (aumenta o desejo sexual e diminui a ansiedade) tanto de homens como mulheres. Esta eu ainda não identifiquei aqui na minha cidade.

sábado, 31 de março de 2018

Conversamos sobre Patrimônio Cultural

A Roda de Conversa "Patrimônio Cultural, Cidadania e Educação Patrimonial" ocorreu no dia 31/03/2018, na Praça CEU das Artes de Tatuí, e foi mediada pela Coordenadora de Educação Patrimonial do IPHAN, a tatuiana Sônia Rampim Florêncio.

Imagens: Natalie Sallum, Maryclea Maués Neves e Maíra Barros.

Com Rafael Sangrador (4)Natalie Sallum (5)Maria Terezinha Telles Guerra (6)Maíra Barros (8)Sônia Rampim Florêncio (9)Erica Sanches (11)Laura Rodrigues de Souza (12)Raphael Amaral (13), Rubens Oficial (14), Edson Pinto (15)Fernando Costa Costa (16)Davison Pinheiro (17), Maryclea Maués Neves (18) e Pedro Henrique de Campos (19).

O evento contou ainda com a presença de Maryclea Maués Neves (IPHAN-SP). Momento de muito aprendizado e troca de informações. Foram abordados e discutidos temas importantes como a necessidade de políticas de preservação municipais, do engajamento da população local de forma organizada nas ações relativas ao assunto e da relevância da educação patrimonial.

Sônia Rampim considera que o conjunto arquitetônico da antiga Fábrica São Martinho, tombado pelo Condephaat, merece também um tombamento federal. Aí está um tema a ser trabalhado. Outro tema levantado durante a Roda de Conserva foi sobre punições a quem danificar bens tombados: um assunto a ser pensado seriamente e com urgência. Tatuí tem sofrido muito com o apagamento de espaços e paisagens históricos.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Resignificar ou ressignificar?

Vemos esta palavra comumente grafada de duas maneiras: ressignificar (com dois esses) e resignificar (com um esse). Como se trata de uma palavra relativamente nova, usada em psicoterapia, não consta ainda no vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras. Mas, afinal, qual seria a grafia correta?

Simples. O 're' é um prefixo latino que significa 'outra vez'. Quando precede uma palavra começada com esse, deve dobrá-lo, da mesma forma como em 'ressuscitar', 'ressalvar' ou 'ressaltar'. 

Conexão Cristã / Páscoa

Páscoa (Pêssach, em hebraico) significa literalmente “passagem”. Trata-se de uma festa judaica que comemora a saída do povo hebreu do Egito, onde estava escravizado. Jesus Cristo, quando comeu a última páscoa, ressignificou o ato, dando origem à Santa Ceia. Aqui não se trata da saída da escravidão do Egito para a Terra Prometida, mas a passagem da escravidão do pecado para a Graça de Deus em Cristo.

Mais Cidadania

Hoje tive o desprazer de deparar com as revistas criminosas Veja e Época. Aproveitei para anotar quais empresas ou marcas que eventualmente eu possa comprar e que financiam os crimes dessas publicações manipuladoras, que prejudicam o brasileiro no tocante à família, à saúde e à civilidade.

Financiam a Época: Seara (da JBS), Coca-Cola, Vivo, Valor, Pernambucanas/Elo, Petrobras e outras desconhecidas. Financiam a Veja: Seara (da JBS), canetas Pilot, Vivo, Petrobras e outras desconhecidas. Não vi a terceira criminosa, a IstoÉ. 

Com certeza, levarei em consideração esse fato na hora de minhas escolhas de compra. Fiquei satisfeito ao ver que caíram e muito o número de patrocinadores de veículos responsáveis pelo nosso desastre socioeconômico.

terça-feira, 27 de março de 2018

Gosto de...

... abacate, açaí, agrião, amora, antielitismo, arroz com frango, azeitona, bacalhau, banana, banhos, berinjela, cachoeira, cantar, caqui, castanhas, churrasco, coco, cooperativismo, canto coral, Deus, ervilha, escrever, escultura, Evangelho, feijoada, fotografia, fotografar, gari (gengibre), gengibre, haicai, igreja, iogurte, leitura, livros, limão, mandato compartilhado, lixo mínimo, minimalismo, museus, música clássica, não desperdício, não violência ativa, neurolinguística, oração, ovos, palestras, palmito, PANC, pinhão, poesia concreta, quiabo, quibe, religião, renda básica de cidadania, rúcula, salsinha, silêncio,  simplicidade, sushi, sustentabilidade, transparência, trilogia analítica, trofoterapia, yakisoba e de você.

Mais Cidadania

Eleição sem Lula é Fraude. Claro que é. Mas os golpistas querem exatamente isso. Vamos reforçar o 'Cadê a Prova?'

domingo, 25 de março de 2018

No chá de bebê da Fernanda

Neste domingo, a família se reuniu numa chácara do bairro Cercadinho, em Capela do Alto SP, para festejar a proximidade do nascimento do primeiro menino do casal Fernanda e Adriano.

Jaqueline fez a decoração


Brinquei com essas crianças de colo


Já de cara fui comer jaca: deliciosa.

segunda-feira, 19 de março de 2018

sexta-feira, 16 de março de 2018

está escrito

"A investigação da própria glória não é glória." - Pv 25:27b.

Hoje se fala muito em autoestima, e está certo. Mas tem muita gente exagerando: autoestima deve harmonizar-se com humildade. E mais: é preciso pensar nos outros como portadores de riquezas individuais e fonte de inspiração. Ninguém é feliz se focar somente em si.


quinta-feira, 15 de março de 2018

está escrito

"Comer muito mel não é bom." -  Prov. 25:27a

Esta me surpreendeu. Sempre me falaram e ainda me falam que o mel seria um dos melhores alimentos. Até que surgiu o Dr. Lair Ribeiro para contrariar: "não, o mel não é um alimento saudável". O médico se referia ao seu índice glicêmico e também ao seu teor de frutose. 

Mas se até Jesus Cristo, nosso senhor, apreciava o mel, então tem que ser bom. Continuei utilizando o produto. Prefiro o silvestre por ser mais orgânico. Agora vejo que até as Escrituras, antes de Cristo, já advertia quanto ao excesso no seu uso. Agora, estamos esclarecidos: devemos apreciar o mel com moderação. 

panc do dia / Crepe japonês






O crepe japonês tem seu nome popular derivado de seu nome científico: Crepis japonica. Isto porque foi descrito pela primeira vez no Japão. É também chamada de crepe do Japão e, em inglês, de barba de falcão (não sei o porquê). Crepe talvez em comparação com o tecido macio e amassado.

Planta alimentícia não convencional de flor amarela forte, com incontáveis pétalas, de apenas um centímetro, e parecida com a flor do dente de leão. Suas folhas são um pouco alongadas, macias, enrugadas e levemente encaracoladas. Planta em forma de roseta de até 30 cm de altura. Caule liso e leitoso. Raiz profunda. É encontrada frequentemente junto a muros, paredes e blocos de cimento, locais úmidos e isolados. Come-se crua ou cozida. Eu comi crua, na salada. Tem sabor que fica entre a alface e o almeirão. Na foto, o meu almoço de hoje: arroz integral, feijão carioca, carne, cenoura crua ralada e salada de crepe japonês com tomatinhos sweet grape.

Existem alegações de efeitos antivirais e anticarcinogênicas, o que seria extraordinário, mas que não pude confirmar até o momento.

quarta-feira, 14 de março de 2018

biodiversidade / Melissa

Foto: Rubens Oficial

Foto: Rubens Oficial

A Melissa (Lippia alba) também é conhecida como cidreira por seu cheiro semelhante ao capim-cidreira. Existem várias espécies de melissa e todas apresentam mais ou menos as mesmas características. 

A melissa é depressora do sistema nervoso central, calmante, ansiolítica, sonífera e controla os batimentos cardíacos (bom para quem sofre de taquicardia). Tem ação analgésica e anti-inflamatória local (em compressas). Também utilizada contra cefaleias, cólicas uterinas e intestinais. Elimina a formação de catarro (mucolítica) e é útil contra bronquites. Tem ação anti-envelhecimento, anti-tumoral, bactericida, além de ser bom antimicrobiano. Protetora do estômago com atividade anti-úlcera. Usada em fórmula de creme facial tonificante.

Colhi um galho numa planta de calçada na rua São Martinho, em Tatuí SP. Fotografei e preparei esta matéria. À noite, tomamos chá (o certo é infusão ou decocção) de melissa com gengibre Ficou delicioso. 

Acho estranho que a Melissa officinalis seja chamada de erva-cidreira e não de melissa.

penso eu

Não assisto a Globolixo. É preciso um movimento para que as pessoas conscientes deixem de assistir a globolixo. A globolixo somente para para pensar se a audiência cair. A globolixo não quer nossa aprovação, quer a nossa audiência.

quinta-feira, 8 de março de 2018

penso eu

É preciso entender que é importante mostrar ao Golpe que Lula pode se eleger, pode eleger outro nome do PT e mesmo um nome fora do PT, que pode ser à esquerda do próprio Lula. Essa colocação é importante para que a Globo entenda que destruir Lula e o PT pode ser um tiro pela culatra.

terça-feira, 6 de março de 2018

penso eu

Quem poderá enfrentar a besta? O STJ também se inclinou a ela. Parece que não há instituição no Brasil com capacidade e coragem para enfrentá-la. O povo brasileiro está sendo ignorado. Ou as instituições estariam agindo com profundo contragosto sob a espada da besta? Não existe mais lei. A besta é a lei. O crime avança sobre a nação brasileira, aniquilando quem possa o defender. É o que a besta quer.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

as palavras sofrem / Naturopatia ou naturoterapia?

Ouço muito falar sobre a naturopatia, que seria o tratamento de saúde baseado em produtos naturais. Acho estranho. Do latim natura «natureza» e do grego páthos «doença» e -ia, naturopatia seria algo como 'doença natural'... Que coisa! Acho que o correto seria naturoterapia, terapia natural. Assim como fisioterapia, psicoterapia, musicoterapia etc.

Mas aí alguém poderá dizer: mas, e a homeopatia? Também termina com o sufixo 'patia'.

Trata-se de um caso diferente. Homeo, no grego, significa 'igual', 'semelhante'. Patia, já vimos, significa 'doença'.  Então, seria algo como 'igual à doença'. E a homeopatia é exatamente isso: uma terapia que utiliza substâncias que, em doses elevadas, dadas a pessoas sadias, seria capaz de produzir os mesmos sintomas da doença que se quer combater, mas administradas sob forma diluída e em pequeníssimas doses a um doente, pode levá-lo a curar-se.

Por isso, uso somente a forma 'naturoterapia'.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Hibisco vermelho dobrado (Hibiscus mutabilis)



O hibisco vermelho dobrado é planta ornamental e - dizem - medicinal. É também chamada de rosa louca ou rosa de algodão. O nome científico é Hibiscus mutabilis, pelo que vi. Essas fotografias tirei em Tatuí, na Rua Antonio Xavier de Freitas.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

minhas listas / Vocabulário extravagante do Golpe de 2016

(em construção)

Blogueiros sujos - blogueiros que se opõem ao Golpe. A expressão foi criada por José Serra PSDB, alvo constante de blogueiros progressistas. 

Bolsomínions = seguidores de Bolsonaro, deputado acusado de vários crimes.

Cachorros loucos = extremistas de direita que praticam atos e falas violentos contra militantes de esquerda ou que se pareçam com eles. Atribuo a criação da expressão ao escritor Osvaldo Bertolino.

Fake news  = Notícias fabricadas e inverídicas.

Ghost news = Notícias que a mídia dominante esconde.

Manifestoche - Manifestantes manipulados pela mídia, como fantoches. O termo foi lançado por escola de samba no carnaval do Rio 2018. 

Midiota = pessoas inteligentes, mas que se comportam como idiotas por repetir sem refletir o que a mídia golpista leva às pessoas. Termo talvez criado mas certamente utilizado pelo jornalista Luciano Martins Costa.

Pastor-coronel - Pastores evangélicos que tratam seus correligionários religiosos como seus subordinados políticos. Termo criado pelo pastor Ariovaldo Ramos. Exemplo de pastor-coronel: Silas Malafaia.

Petralha = Petista corrupto. Este termo é muito utilizado por pessoas ligadas ao Golpe, mas foi criado pelo jornalista Reinaldo Azevedo por volta de 2002, após a morte de Celso Daniel, prefeito de Santo André SP. Azevedo estava magoado com o PT porque o partido teria fechado uma revista sua, conforme declarou no programa Roda Viva da TV Cultura em 14/11/2016.

Phishing news = Notícia criada pela mídia dominante para desviar a atenção do leitor/expectador de fato que deseja esconder.

Prefake = Nome dado a João Dória, que assumiu a prefeitura de São Paulo, mas trata de sua pretensa candidatura à presidência da República, não se importando com a cidade, sendo criticado publicamente e em vídeo por Alberto Goldman, vice-presidente nacional do seu partido, o PSDB.

Rouboanel - Referência à corrupção na construção do rodoanel Mário Covas, em São Paulo.

Transnacionais (brasileiros transnacionais) = são aqueles que, embora tenham nascido no Brasil, gostariam de ser cidadãos de outros países, em particular dos Estados Unidos. Expressão criada, provavelmente, pelo almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, preso na Operação Lava Jato, interrompendo o programa de submarino nuclear brasileiro. Exemplo de transnacional: Jair Bolsonaro.

Tucanalha - Tucano (PSDB) corrupto. Termo criado para se opor a petralha.

Página do Diário de Tatuí no Facebook atinge 5.000 likes


Nesta segunda-feira, dia 19, nossa página no Facebook do Diário de Tatuí atingiu a marca de cinco mil curtidas. É motivo de agradecer a Deus e à boa recepção do povo tatuiano ao nosso jornal online.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Salmo 1 - uma paráfrase

Certo está o homem que não se deixa influenciar por pessoas sem piedade;
que não perde tempo com aqueles que pretendem prejudicar o semelhante;
que não se junta àqueles que tem prazer em difamar as pessoas.

Mas que tem a sua felicidade na comunhão com Deus, 
e Nele medita constantemente.

Pois terá segurança em seus atos,
viverá em paz
e terá sucesso em seu trabalho.

O homem impiedoso não é assim,
mas sua vida é um caos.
Não está preparado para se encontrar com Deus
nem consegue permanecer na Igreja.

Porque Deus está no caminho dos justos;
mas a vida do homem errado terminará mal.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

pergunta / Como saber se temos excesso de ácido clorídrico no estômago ou hipocloridria?

Rubens Oficial: Dr. Juliano Teles, como saber se temos excesso de ácido clorídrico no estômago ou hipocloridria?

Dr Juliano Teles: Bom dia. Existe um exame chamado PHmetria que mede o PH do estômago ou esôfago em 24 hs que confirma ou descarta a hipocloridria. Normalmente depois dos 40 anos é comum a hipocloridria e a necessidade de usar enzimas digestivas.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

minhas listas / PANC que já consumi

PANC é o acrônimo que se dá às Plantas Alimentícias Não Convencionais. Como o termo é extensivo a partes não convencionais de alimentos convencionais, então sugiro que também signifique Partes Alimentícias Não Convencionais. Anoto aqui mais uma vez que o acrônimo já é plural e, por isso, evito a forma Pancs. Inicio aqui minha lista de Panc que já consumi.


  1. abacate (caroço)
  2. abacaxi (casca)
  3. almeirão roxo
  4. batata (casca)
  5. beldroega, portulaca
  6. cambuquira, broto de aboboreira
  7. capuchinha (flor)
  8. cará-moela
  9. caruru, amaranto
  10. celósia, amaranto africano, crista de galo (folhas)
  11. chapéu de sol (fruto)
  12. chapéu de sol (castanha)
  13. couve do talo roxo.
  14. crepe japonês
  15. dente de leão
  16. Emília, serralhinha, pincel
  17. Feijão guandu (seco e verde), Cajanus cajan.
  18. hibisco-colibri, malvavisco (flor)
  19. Hovenia dulcis (fruto)
  20. ingá
  21. ipê amarelo (flor)
  22. jasmim manga (flor)
  23. jerivá
  24. manjericão (flor)
  25. mentruz
  26. rabanete (folhas)
  27. rosa (flor)
  28. seriguela (frutos e folhas)
  29. serralha
  30. Talina, major gomes, bênção de Deus, beldroegão
  31. Turnera, chanana, flor-do-Guarujá (flores).

penso eu / Intervenção militar no Rio

A decisão de Michel Temer, que ocupa a presidência da República, de intervir no Rio de Janeiro com as Forças Armadas, tem objetivo político, procura aprovação de pessoas que gostam de Jair Bolsonaro. Aliás, o próprio Bolsonaro percebeu isso e se manifestou contrário ao que ele chamou de farsa. Nos EUA é comum um presidente declarar guerra para melhorar seu índice de aprovação popular.

Mas há outra motivação: o desfile da escola de samba Tuiuti, que criticou duramente o (des)governo, e a faixa colocada na favela da Rocinha com os dizeres "se Lula for preso, o morro desce". A intervenção das forças armadas, então, tem também a intensão de desqualificar essas manifestações populares.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Panc do dia: flor de manjericão


O manjericão é uma erva alimentícia, aromática e medicinal de ampla utilização no Brasil e no mundo. Quem planta manjericão sabe que, para melhor desenvolvimento de suas folhas, deve-se cortar as flores, o que é feito regularmente. O que as pessoas esquecem é que as flores podem ser aproveitadas. Elas são muito aromáticas e dão um sabor maravilhoso aos pratos em geral. Eu utilizo.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Boldo Brasileiro - Plectranthus barbatus

Minha família sempre usou boldo brasileiro como remédio para indigestão. Chamávamos de 'calomba'. Os mais antigos ainda o chamam assim, em Tatuí. Não encontrei esse nome na literatura, mas, e daí?, a gente coloca! Nada a ver com a calumba, que é outra planta. É chamada por alguns de boldo do Chile, mas é um equívoco. É um falso boldo. Em alguns lugares é conhecida por boldo de jardim. O nome científico Plectranthus barbatus ou Coleus barbatus, não sei o porquê dos dois nomes. Vi na internet para vender cápsulas de 300 mg de boldo brasileiro para serem tomadas duas vezes ao dia. Então resolvi desidratar um galho da planta para usar quando não dispuser de folhas frescas.

A substância importante é a boldina, um princípio ativo de ação diurética suave e que aumenta a secreção biliar, atuando na digestão de gorduras e na absorção de nutrientes, como as vitaminas A, D, E e K, pelo organismo. Isto é remédio para fezes excessivamente gordurosas (esteatorréia). Li que os índios utilizam o Plectranthus para combater os vermes e as doenças hepáticas.

Vejam os benefícios que o boldo brasileiro proporciona (é o que encontrei na internet): diurético, laxante, bom para problemas hepáticos, anti-icterícia, combate a gota, tratamento de problemas gastrointestinais, combate o reumatismo e os vermes.

Boldo brasileiro
Vera Holtz no Instagram

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Sobre as PANC

Vocês já devem ter ouvido falar muito em PANCs, plural de PANC. No entanto, é um equívoco. PANC significa Plantas Alimentícias Não Convencionais, ou seja, já está no plural. Assim, beldroega e caruru são duas PANC e não duas PANCs.

O termo PANC foi criado para designar aquelas plantas alimentícias que não consumidas no dia a dia das pessoas, que não se acha para comprar no comércio. Uma planta pode ser PANC numa região e não ser em outra, depende dos costumes culinários de cada comunidade.

O termo também é usado para partes não convencionais de plantas convencionais. Folha de batata doce, semente de jaca, coração de bananeira...  Pode-se dizer que são PANC: partes alimentícias não convencionais.

Eu fico maravilhado em saber que muitos matos são na verdade hortaliças. Que muitas plantas ornamentais e flores são alimentos. E que muitas ervas medicinais são trofoterápicas, nutricêuticas. Que muitas flores que cobrem o chão poderiam estar em nossos pratos.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

PANC do dia: Hibisco-colibri

Hibisco-colibri. Foto: Rubens Oficial

Minha salada de hoje esteve florida com hibisco-colibri. Também conhecida como malvavisco, pois seu nome científico é Malvaviscus arboreus. Seu nome popular deriva do fato de atrair muitos beija-flores. É rica em néctar, apreciado pelos colibris e também pelas crianças. Suas flores não se abrem. São comestíveis. As folhas também. Estas devem ser colhidas ainda jovem, pois têm mais nutrientes. Dá um fruto conhecido como maçã mexicana, mas que não aparecem no Brasil. Estudo científico apontou que ela tem propriedades anti-micóticas. O hibisco-colibri é muito utilizado no paisagismo, muitas vezes como cerca viva.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

cata-frases / Gleisi Hoffmann

"[o PT] acreditou numa classe dominante atrasada e escravocrata e que não tem projeto de nação”. (Gleisi Hoffmann, senadora e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores)

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Entrevista com Cunha Bueno, secretário de Estado da Cultura, na casa de Pedro Casemiro, 1980 (?)

Bi, Walter Mota, Waldomiro Bosso, Adalberto C Luz, sra. Casemiro, José Coelho de Almeida, filhos Casemiro, Edson Lopes, prefeito Itararé (em pé). Pedro Casemiro, Rubens Oficial, Cunha Bueno e Benedito Paes.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

PANC do dia: Serralhinha de Flor Vermelha

Emilia fosbergii. Foto: Rubens Oficial
Emilia fosbergii. Foto: Rubens Oficial

Colhi e preparei hoje um refogado de emília, a Emilia fosbergii. Como lembra um pouco a serralha, ela também é conhecida como (falsa) serralha, serralhinha ou serralhinha da flor vermelha. As flores lembram muito um pincel de cerda redonda e vermelha. Por isso, também é conhecida como pincel, pincel de estudante, pincel de poeta, pincel de amor ou broxa. Não sei porque aparece na literatura o nome popular "algodão de preá".

As folhas são irregulares, às vezes longas, outras vezes ovaladas, mas sempre com serrinhas. São levemente aveludadas. O sabor é suave.

Para quem quer saber mais, posto abaixo uma matéria do site Essas e Outras.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

penso eu / Huck

Quando Huck disse que não era candidato, usava uma estratégia de não ser alvo de ataques, que já começavam. Ele quer chegar inteiro ao momento do lançamento de sua candidatura. Portanto, não é para ser descartado nem retirado das pesquisas. E, com certeza, conta com o apoio de seu quase-irmão Aécio Neves, esse sim já descartado, mesmo contra a sua vontade.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Brasileiros do Ano 2017

Assédio sexual - José Mayer.
Brasileira do ano - Gleise Hoffmann.
Brasileiro do ano – Luiz Inácio Lula da Silva
Comunicação – Paulo Henrique Amorim.
Delator: Joesley Batista.
Economia – NuBank
Heroísmo - Helley Batista. Durante o incêndio na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, em Janaúba MG, a professora Helley de Abreu Silva Batista, de 43 anos, tirava pela janela as crianças enquanto tentava abafar o fogo em seu próprio corpo, o vigia havia trancado a porta. Helley salvou muitos alunos, porém se feriu gravemente com queimaduras, vindo a falecer.
Justiça: Cristiano Zanin.
Lawfare - Sérgio Moro.
Literatura – Lázaro Ramos.
Medicina - Dr. Lair Ribeiro.
Político – Roberto Requião.
Pós-verdade - Willian Bonner.
Racismo - Willian Waack.
Televisão – Pedro Cardoso.

Bodas de Oliveira


sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Panc do dia: Mentruz (Coronopus didymus)

Coronopus didymus (Foto: Rubens Oficial)
Chamo de Mentruz. Minha mulher chama de Erva-de-santa maria. Trata-se de uma planta medicinal e alimentícia, uma panc. Em alguns lugares do Brasil, como na Amazônia, é tomado batido em suco com leite. Foi o que eu li. Minha mulher, quando criança, gostava de usá-la para rechear banana-são-tomé e assar. Eu como na salada, uma delícia. Vi numa casa de produtos naturais para vender seca, para infusão (chá). A fotografia acima (não ficou muito boa) é de uma coleta que fiz. Lavei, desinfectei com iodo, repassei na água, para depois comer. Ela também é conhecida como mastruz ou mastruço. Seu nome científico é Coronopus didymus. Não confundir com a Dysphania ambrosioides, outra planta também chamada de erva-de-santa-maria, usada como vermífugo.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

PANC do dia: beldroega e celósia

Celosia argentea / Foto: Rubens Oficial
Hoje a PANC do dia no prato foi beldroega, temperada com cebola, azeite de oliva EV, vinagre de maçã, sal rosa do himalaia e orégano. Muito bom. Na coleta, hoje foi o dia da celósia (foto), também conhecida como rabo de gato (não confundir com a Acalypha reptans), crista de galo, flor de veludo, crista plumosa, amaranto africano... Mas ela é originária da Índia. Linda e saborosa. Tem sabor de espinafre. Por isso, também é chamada de espinafre rajado. Nome científico: Celosia argentea. Quero mais!

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Hoje foi dia de caruru refogado

Hoje fiz coleta de plantas alimentícias não convencionais. Num mesmo terreno, encontrei seis espécies de panc: serralha (Sonchus oleraceus), beldroega (Portulaca oleracea), Talina (Talinum paniculatum), guasca (Galinsoga parviflora), caruru (Amaranthus viridis) e mentruz (Coronopus didymus), além da serralha brava (Sonchus asper), que juntei com a outra serralha.

A panc do dia no meu almoço foi caruru refogado.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Jatobá do Jardim Gonzaga em 3 tempos - Hymenaea sp.

2011. Foto: Rubens Oficial

2012. Foto: Rubens Oficial

2017. Foto: Rubens Oficial
2012 - O ano em que um monumento natural, orgulho do jardim Gonzaga, foi vencido. No ano de 2011 (adm. Gonzaga II), foi construída no terreno a Creche Municipal Maria Cristina Ferrão Vieira Martins, "abraçando o Jatobá". Depois de construído o prédio, a Prefeitura de Tatuí firmou convênio com o Estado para a realização de perícia na árvore. O secretário Célio José Valdrighi afirmou, na época, que se tratava de uma medida de cautela, mas que não havia qualquer indício de doença no jatobá. A primeira-dama Maria José P. V. de Camargo manifestou preocupação com o destino do belo monumento natural. Dois técnicos do IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas estiveram analisando a árvore no dia 25/07/2012. A perícia custou R$ 9.162,60, sendo R$ 7.691,34 pago pelo Estado, através do Patem - Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios. Falou-se, na época, que o laudo apontava que o jatobá estava saudável. Não houve notícia nenhuma, mas a árvore foi cortada.

Mangueira (Mangifera indica)

Foto: Rubens Oficial

Manga
Mangifera indica 
Fruta de mesa muito consumida em todo o mundo. Seu principal princípio ativo é a mangiferina que tem inúmeras propriedades medicinais e pode ser encontrada em todas as partes da planta, contudo suas maiores concentrações estão na casca do tronco e nas folhas novas, popularmente muito utilizadas em várias preparações medicinais. O uso da mangiferina é seguro, não sendo encontrados efeitos colaterais relevantes nas doses recomendadas. Somente pessoas alérgicas a manga ou a algum de seus princípios ativos não devem usar a mangiferina. 

O extrato da casca do tronco apresenta ação anti-inflamatória, auxiliando no tratamento de doenças inflamatórias crônicas, como reumatismo e artrite. É bom estimulante do sistema imunológico. A mangiferina demonstrou excelente ação contra o câncer do intestino. Contra doenças auto-imunes teve excelente ação reduzindo e controlando o sistema imunológico. Ainda, demonstrou excelente ação contra alergias crônicas. Outra propriedade é a antitérmica. Demonstrou ação inibidora de convulsões em crises epiléticas induzidas.Constatou-se sua segurança e efetividade tanto em prevenir, quanto em combater a periodontite. Foi verificada atividade gastroprotetora, prevenindo contra lesões contra o tecido estomacal. A mangiferina foi capaz de reduzir em até 60% a sensação de dor em cobaias. Teve um efeito relaxante evitando ou atenuando as crises de asma alérgica, principalmente em associação com ômega 3. Ainda, apresentara excelente ação anti-inflamatória para o pulmão, servindo contra bronquites, pneumonia e asma, além de apresentar efeito antibiótico contra bactérias pulmonares. Outra ação é a proteção cerebral contra danos causados pela isquemia. 

Suas folhas e casca do tronco apresentam apreciável atividade antidiabética, reduzindo as taxas de açúcar, com efeito semelhante a medicamentos comerciais. Os extratos das folhas se mostraram eficientes no controle do colesterol. Ainda, uma excelente ação antioxidante. Demonstrou-se que o extrato das folhas foi muito eficientes em prevenir danos ao fígado e ao cérebro causados pela obesidade. 

As sementes, sem sua casca dura, tem forte ação antidiarreica

Extratos das cascas dos frutos demonstraram potencial antioxidante.