segunda-feira, 28 de agosto de 2017

mandato compartilhado / Proposituras do vereador Eduardo Salum

Nº 799/2017 - 28/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que solicite através do órgão competente, para que este crie um Arquivo Público Municipal

Nº 797/2017 - 28/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que solicite ao Tribunal de Justiça a pavimentação, fechamento e iluminação do estacionamento do Fórum de Tatuí.

Nº 1149/2017 - 28/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que solicite ao Tribunal de Justiça a pavimentação, fechamento e iluminação do estacionamento do Fórum de Tatuí.

RESPOSTA - A prefeitura encaminhou o pleito ao Secretário de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, Márcio Fernando Elias Rosa, no dia 12/09/2017.

vídeos / Sagui-de-tufos-brancos (Callithrix jacchus) em Tatuí/SP

sábado, 26 de agosto de 2017

meu herbário / Bênção de Deus

Foto: Rubens Oficial

Aprendi esse nome Bênção de Deus com o naturalista Daniel Forjaz. Aqui em Tatuí ela é mais conhecida por Beldroega da Folha Grande. Há quem a chame ainda de Ora-Pro-Nobis (mas não é), Língua de Vaca, Maria Mole, Maria Gorda etc. O nome científico dessa planta é Tanilum Paniculatum. Ela é facilmente encontrada nas ruas, mas desse jeito está sujeira a fumaça de caminhão, urina de cachorro etc. Mas dá para conseguir a muda. Colhi esse ramo no mato. Comi em salada mista e também refogado. É bom. Uma conhecida me disse que ela é remédio para labirintite. É uma PANC - plantas alimentícias não convencionais, que eu gosto de conhecer..

Há muito tempo que eu comia Beldroega em saladas. Um dia meu pai me trouxe um maço de "beldroega", mas não era aquilo a que estava acostumado a consumir e... na dúvida,  joguei fora. Hoje sei o que perdi.

Daniel Forjaz a chama de Bênção de Deus. Um estudo da Embrapa prefere Major Gomes. Um youtuber do Distrito Federal a chama de Maria Gorda. Vi um nordestino chamá-la de bredo. Também é muito conhecida como Língua de vaca, Folha gorda. Aqui em Tatuí é chamada de Beldroega, Berduega, Beldroega da folha grande. Há quem a chame de ora-pro-nóbis miúdo. Não gosto desses nomes que confundem.

Bem, já colhi para um refogado e para um caldo temperado com shoyu. Gostei. Mas agora li um estudo da Embrapa que me deixou maravilhado. Ela é riquíssima em nutrientes.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

mandato compartilhado / Proposituras do vereador Eduardo Salum

Nº 773/2017 - 21/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que solicite através do órgão competente, para que este troque as placa da travessa Adelaide Pereira, pois a única existente está completamente ilegível.

Nº 772/2017 - 21/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que solicite através do órgão competente, para que este digitalize o livro tombo da Biblioteca Municipal Brigadeiro Jordão, disponibilizando ao público da internet

Nº 771/2017 - 21/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que solicite através do órgão competente para que este realize estudo no sentido de sinalizar a rua Rio de Janeiro do bairro Santa Luzia com pintura e ceder a preferência a quem nela ingressa através da rua São Paulo em direção à Rodovia Senador Laurindo Dias Minhoto.

Nº 768/2017 - 21/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que solicite através do órgão competente para que realize a sinalização da alameda Dilermando Reis, na Nova Tatuí e para que ceda a preferência a quem sobre pela avenida Virginio Montezzo Filho.

Nº 1106/2017 - 21/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe através do órgão competente esta Casa de Leis, para quando será trocada a placa da travessa Adelaide Pereira?

Nº 1105/2017 - 21/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe esta Casa de Leis, se existe a possibilidade de realizar algum estudo no sentido de digitalizar o livro tombo da Biblioteca Municipal Brigadeiro Jordão ao público da internet.

Nº 1104/2017 - 21/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe esta Casa de Leis, se existe a possibilidade de se realizar estudo no sentido de sinalizar a rua Rio de Janeiro do bairro Santa Luzia com pintura e ceder a preferência a quem nela ingressa através da rua São Paulo em direção à rodovia Senador Laurindo Dias Minhoto.

Cata-frases / Lula

"Eu gosto de conversar olhando nos olhos das pessoas." 

#TrilogiaAnalítica A ORIGEM DAS ENFERMIDADES SEGUNDO DR. NORBERTO KEPPE




Se eu entendi direito o que ensina o Dr. Norberto Keppe, a inveja está na origem das enfermidades. A inveja, no conceito de Keppe, é a vontade de não ver ou mesmo de destruir o bem que está com outra pessoa.

Se a inveja, que todos nós temos de alguma forma, não é conscientizada, mas censurada pelo invejoso, reprimida, a pessoa cai numa espécie de neurose. O passo seguinte seria a projeção desse mal em outras pessoas, ou seja, atribuindo aos outros a inveja que tem. Uma paranoia, uma psicose.

O que fazer então? Precisamos nos conscientizar da inveja que tivermos. Ficando clara esta questão, retornamos ao estado de descontração, preservando assim a saúde.

Este assunto é melhor tratado no vídeo A Origem das Enfermidades, da Editora Proton, disponível no Youtube.

domingo, 20 de agosto de 2017

caderno / Perna curta

Lula está na Bahia. João Dória no Rio Grande do Norte. Dória vai almoçar num restaurante em Natal e teve protesto contra ele. Seus correligionários revidam com frases contra Lula. Aí postaram o vídeo no Youtube como se Lula tivesse sido expulso de um restaurante... E quem tem ódio de Lula acredita. E compartilha. E... deixa pra lá.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

LAI - Quanto de cloro e flúor é adicionado à água de Tatuí?

Solicitação: Verificando no Relatório Anual de Qualidade da Água - 2016, da SABESP, encontrei que o padrão de potabilidade com respeito ao cloro é de 0,2 mg/L a 5,0 mg/L. Gostaria de saber o quanto é aplicado na água que recebo pelo Sistema de Abastecimento ETA Tatuí. Seria possível saber também da adição de Flúor?

17/08/2017
Prezado Rubens Antônio da Silva,
A sua solicitação de acesso a documentos, dados e informações, de protocolo 410861712078, data 02/08/2017, FOI ATENDIDA.
Órgão/Entidade: Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo
SIC: Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP

Resposta: Prezado Rubens Antônio da Silva; Em atendimento à sua solicitação segue resposta da área responsável:

O tratamento e a distribuição de água em Tatuí visam ao atendimento dos padrões de potabilidade da Portaria do Ministério da Saúde 2914/11. Conforme constatado pelo cliente, a concentração de cloro no cavalete deve estar em no mínimo 0,2 mg/L e no máximo em 5 mg/L. Mensalmente é possível constatar nas contas de água essas concentrações, não apenas para o cloro residual livre mas também para os parâmetros básicos operacionais. A concentração de cloro residual livre é acompanhada continuamente em vários endereços do município, através de visitas de técnicos capacitados. A concentração de cloro irá variar de um local para outro, mas sempre atendendo as exigências de máximo e mínimo da lei. Portanto, a concentração média é igual a 1,8 mg/L. Já a concentração de flúor, que também possui valores máximo e mínimo de 0,8 e 0,6 mg/L respectivamente, encontra-se nesse município em torno de 0,72 mg/L.

Atenciosamente
SIC SABESP

meu herbário / Amaranto africano é PANC

Foto: Rubens Oficial
Fiz a foto acima na Rua Nhonhô da Botica, quarteirão entre as ruas Sete de Abril e Tamandaré. Uma bela folhagem. Quando pesquisei para saber o seu nome, fiquei muito feliz por se tratar de uma PANC, ou seja, uma planta alimentícia.

Seu nome científico é Celosia argentea L. Popularmente é conhecida por Celósia, Amaranto africano, Amaranto roxo, Espinafre africano, espinafre rajado, Rabo de gato etc. Gosto de saber todos os nomes populares porque cada um dá informações sobre a erva. Celósia porque é o nome atribuído a ela pelo pesquisador. Amaranto porque se parece com essa família de plantas alimentícias que dão boa semente. Africano porque é comum na África. Roxo e rajado pela sua coloração. Espinafre porque se come como o espinafre, ou seja, cozido, refogado ou em omeletes, nunca crua. Rabo de gato pela aparência de suas flores.

Anoto aqui que ainda não comi essa planta. Quando o fizer, edito este artigo. Veja abaixo outros textos sobre ela.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

meu herbário / Trapoeraba (Commelina erecta)

Foto: Rubens Oficial
Come-se cozida. As flores podem ser comidas cruas, em saladas. Rica em proteína, cálcio, magnésio e zinco. Planta ruderal.  A foto acima foi feita na Rua Nhonhô da Botica, em Tatuí.
Nome Científico: Commelina erecta L.
Nomes Populares: Trapoeraba, Andaca, Santa-luzia, Erva de santa luzia, Marianinha, Capoeraba, Maria mole, Mata-brasil.
Família: Commelinaceae
Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra, Forrações ao Sol Pleno, Plantas Daninhas
Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: América Central, América do Norte e América do Sul.
Altura: 0.3 a 0.4 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

estudos / Canafístula é medicinal!

Foto: Rubens Oficial

Foto: Rubens Oficial

Conheci esta árvore na frente do Fórum de Tatuí. Procurei saber o nome e cheguei à conclusão de que se tratava de uma cássia. Estava certo. Seu nome científico é Cássia spectabilis ou Senna spectabilis. Mas somente há pouco tempo soube que se tratava de uma canafístula. Outros nomes populares são: fedegoso, mata-pasto e são joão. Mas acho melhor menosprezar esses nomes porque confundem com outras espécies. Melhor chamá-la de cássia, cássia do nordeste, cássia macranta, cássia macrantera ou macrantera. Preferencialmente, canafístula. Uma árvore da família das leguminosas.

O que eu gostei mesmo foi saber que se trata de uma planta medicinal e sem toxidade. Forjaz diz que ela é muito utilizada como medicamento no nordeste do Brasil. No interior de São Paulo é vista apenas como ornamental.

As folhas podem ser utilizadas em infusões como laxante leve, antioxidante, analgésica, anti-inflamatório, calmante, sonífera, antiepilético, antimalárica, antitumoral para o fígado e previne o alzheimer.

As flores - que maravilha! - são indicadas como antialérgico para rinite, bronquite ou alergias da pele. Também é remédio para leishmaniose.

A casca é utilizada contra gripes e resfriados e como antioxidante. Acho que não vou fazer esse agravo à planta. Prefiro as folhas.

Os frutos verdes são indicados como antioxidante e anti-inflamatório.

As sementes dos frutos maduros, reduzidas a pó, são usadas para emagrecimento, para baixar o colesterol e contra úlceras.

Agora, é colher as folhas, lavá-las, secá-las na sombra e guardá-las para uso oportuno. Ah, vou esperar a época da floração com ansiedade. Ela dá tantas flores, que algumas delas não vão fazer falta ao pé. Acho que descobri mais um tesouro da natureza.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

mandato compartilhado / Proposituras do vereador Eduardo Salum

Nº 1056/2017 - 14/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Srª Prefeita Municipal para que informe a esta Casa Legislativa: qual a situação atual da usina de reciclagem de entulho de nosso município?

RESPOSTA - O secretário Célio José Valdrighi (Agricultura e Meio Ambiente) respondeu que a usina passou por manutenção. "Estamos montando processo licitatório para contratação de empresa para concessão de uso do espaço da Usina de Reciclagem".

Nº 1055/2017 - 14/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Srª Prefeita Municipal para que informe a esta Casa Legislativa se existe algum estudo no sentido de sinalizar a alameda Dilermando Reis, na Nova Tatuí, para que ceda a preferência a quem sobe pela avenida Virginio Montezzo Filho?

Nº 1054/2017 - 14/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Srª Prefeita Municipal para que informe a esta Casa Legislativa através do órgão competente, para quando está planejado obras de manutenção da rua José Marques no bairro Americana?

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

mandato compartilhado / Proposituras do vereador Eduardo Salum

Nº 1010/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe a esta Casa Legislativa, se há a possibilidade de disponibilizar para a população em locais de fácil acesso, recipientes adequados ao descarte de lâmpadas fluorescentes onde seja realizado o descarte deste material sem prejuízos ao meio ambiente ou perigo aos coletores.

Nº 1009/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, se há a possibilidade de solicitar ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para que inclua a Festa do Asilo (Festa da Caridade) como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro das Celebrações.

Nº 1008/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, se há a possibilidade de solicitar ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) que inclua o Arroz com Suã como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Saberes.

Nº 1007/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, se há a possibilidade de solicitar ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para que inclua a Seresta, como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro das Formas de Expressão.

Nº 1006/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, se há a possibilidade de solicitar ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para que inclua o Bolinho e o Pão de Amendoim (também chamado de Bolinho de Amendoim das Tranqueiras de Tatuí) como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Saberes.

Nº 1005/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, se há possibilidade de solicitar ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) a indicação do chamado "Pinheirão", como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Lugares.

Nº 1004/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe a esta Casa Legislativa, sobre o paradeiro das cinco bibliotecas que faziam parte da extinta Casa de Cultura Paulo Setúbal, antes da municipalização do espaço.

RESPOSTA - O secretário Cassiano Sinisgalli (Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude) e o diretor executivo do Departamento de Cultura, Rogério Donisete Leite de Almeida, responderam que os objetos se encontram no Gabinete de Leitura e na Reserva Técnica do Museu Paulo Setúbal. Em 16/08/2017.

Nº 1003/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe a esta Casa Legislativa, em que situação esta o projeto de duplicação da Rodovia Gladys Bernardes Minhoto – SP 129, entre Tatuí e Porto Feliz? Visto que esta já foi anunciada pelo Governo do Estado.

RESPOSTA - A Prefeitura respondeu que a duplicação da Rodovia Gladys Bernardes Minhoto é de competência do DER, encaminhando o requerimento à Superintendência do DER/SP.

Nº 1002/2017 - 07/08/2017 - REQUEIRO À MESA, ouvido o Egrégio Plenário na forma regimental, digne-se oficiar a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que informe a esta Casa Legislativa, em que situação esta os Projetos do Centro de Convivência do Idoso e Centro Dia do Idoso? Visto que estes já estão aprovados pelo Governo do Estado.

RESPOSTA - A Prefeitura respondeu que o Centro de Convivência do Idoso CCI - convênio 296/2013, entre a Prefeitura Municipal de Tatuí e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SEDS, foi cancelado em 08/06/2015; que o Centro Dia do Idoso CDI - convênio 281/2013, de 03/06/2013, entre a PMT e SEDS, foi cancelado em 08/06/2015; ambos pelo prefeito José Manoel Corrêa Coelho (Manu), que justificou o impacto financeiro que as construções e suas manutenções trariam ao erário público municipal, e que a execução da política de atendimento aos idosos se dariam pelo CRAS.

Nº 680/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o (ConDePHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) indicando para constar o chamado "Pinheirão", como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Lugares. .

Nº 679/2017 - 07/08/2017 - Indica a necessidade de realizar obras de manutenção na Rua José Marques, no Bairro de Americana

Nº 678/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para constar o Arroz com Suã como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Saberes.

Nº 677/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para constar a Festa do Asilo (Festa da Caridade) como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro das Celebrações.

Nº 676/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para constar a Seresta, como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro das Formas de Expressão.

Nº 675/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para constar o Cordão dos Bichos (Cordão Folclórico Tatuiense) como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro das Formas de Expressão.

Nº 674/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que disponibilize para a população em locais de fácil acesso, recipientes adequados ao descarte de lâmpadas fluorescentes onde seja realizado o descarte deste material sem prejuízos ao meio ambiente ou perigo aos coletores.

Nº 673/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, que oficie o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) indicando para constar o Bolinho e o Pão de Amendoim (também chamado de Bolinho de Amendoim das Tranqueiras de Tatuí) como bem cultural de natureza imaterial de Tatuí no Livro de Registro dos Saberes.

Nº 672/2017 - 07/08/2017 - INDICO a Exma. Sra Prefeita Municipal de Tatuí, para que altere no site do município o significado do nome Tatuí.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

meu herbário / Chapéu de Praia

Foto: Rubens Oficial

Foi assim que aprendi em Tatuí a chamar essa bela árvore que oferece uma das melhores sombras: chapéu de praia. Mas ela é chamada em outros lugares de Chapéu de sol, Sete copas, Castanheira da praia, Amendoeira da praia etc. Poderia se chamar também castanheira de morcego. Pelo que sei, a única coisa que faz com que algumas pessoas não queiram essa árvore é porque ela atrai morcegos, que amam seus frutos.

Na foto acima, que fiz na praça da Concha Acústica, a folha está verde, mas se o pé for antigo, como na frente da Escola João Florêncio ou do Conservatório de Tatuí, as folhas passam para o amarelo e depois para o vermelho. Higienizei, sequei e usei em chás. Tem várias indicações terapêuticas, mas o diferencial é sua capacidade de estimular a produção de colágeno.

O fruto maduro (na foto está verde) pode ser comido. Tem sabor agradável, mas não é todo mundo que gosta. Tem um polpa muito lenhosa, mas vale pelo valor alimentício e farmacêutico. A castanha que há no seu miolo é saborosa, mas de pouco conteúdo, embora muito rica em nutrientes.

Experimentei de todas as formas e fiquei fã.  Ah, o nome científico dela é Terminalia cattapa. Ela não era usada medicinalmente no Brasil até que o pesquisador Daniel Forjaz revelou toda sua riqueza.

Terminalia catappa - Conhecida popularmente como Chapéu de Sol, Chapéu de Praia, Castanheira da Praia, Amendoeira da Praia, Sete Copas).

Folha - Pode ser usada em chás e sucos. Usada contra a malária. Protege o fígado e os rins. É antioxidante, antienvelhecimento, aumenta a produção de colágeno, beneficiando a pele (como o poejo, o jambu e a melissa). É anti-inflamatória e analgésica (dor de cabeça e dores musculares). Antitumoral, antimetástase, 

Frutos maduros - parte fibrosa: antidiabético, estimula o pâncreas.


Amêndoas: Saborosa, é rica em  proteínas e aminoácidos essenciais. Também aumenta a latência ejaculatória, combatendo a ejaculação precoce.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

xilemandra / Acróstico automático


(acrosticos.org)

                     Respingo, alegre, no meu ambiente,
     Uma nobre queda novamente.
          Bando servil de sangue brilhante
        E as pinças de círculo fervente.
Na minha arte cor errante,
                               Sangue crescendo diariamente.


O site acrosticos.org produz acróstico com o nome que você sugerir. Por curiosidade, inseri lá meu nome. Ficou como está acima. :)