quinta-feira, 25 de outubro de 2018

cata-frase | Jair Bolsonaro

“Ao invés de brigarem pela minha eleição, por voto para mim, fica lá brigando pelo governo de São Paulo. O objetivo de vocês é Bolsonaro, depois França ou Dória, (...) que parece que vocês se elegeram por mérito próprio”.

- Jair Bolsonaro, candidato do PSL à presidência do Brasil.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

cata-frases | Eduardo Bolsonaro

“Se quiser fechar o STF, não mando nem um jipe. Mando um soldado e um cabo. Sem desmerecer o soldado e o cabo.”

Eduardo Bolsonaro, deputado federal (PSL/SP), em vídeo gravado em julho

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Ódio e desinformação

Em tempo de grandes polêmicas, vejo com tristeza agressões verbais frequentes na internet. "Burro" é um termo muito utilizado de lado a lado. Não se trata um irmão assim! A inteligência é um dom de Deus, é o que nos faz semelhantes a Ele. Todos somos inteligentes, uns mais outros menos. Devemos gratidão a Deus pela nossa capacidade intelectual, e não subestimar a alheia.

As divergências de ideias advêm da divergência de interesses, de valores. Muito do que se publica na internet carece de conhecimento, de informação leal. A pessoa raciocina com as informações a que teve acesso. Quer publicar com segurança? Examine suas fontes; são conhecidas? têm sustentação em provas cabais? Tudo é passível de comprovação.

Mas ninguém é burro por compartilhar informação errada. Há duas possibilidades para uma pessoa errar em suas mensagens compartilhadas. A primeira é fruto de uma mentira repetida exaustivamente por mídias maliciosas. A TV Globo, maior veículo de comunicação de massa no Brasil, jé reconheceu e se desculpou pelo apoio dado aos militares que assaltaram o poder no país. Também assumiu que distorceu o debate político para beneficiar Fernando Collor nas eleições de 1989, a primeira após a ditadura.

Vamos passar ao segundo caminho para se chegar a uma conclusão errada. Ela foi estudada a fundo pelo psicanalista Norberto Keppe. O ser humano, sendo estimulado ao ódio, à inveja, a uma emoção negativa, cria um escudo que o impede de chegar à realidade dos fatos. Ele rejeita intelectualmente todo o bem e o belo nas pessoas que rejeita. Seu pensamento não ultrapassa essa barreira e se desviam, chegando a conclusões enganosas. É como se a mentira fosse boa porque o satisfaz, o conforta.  Não admitir qualidade em alguém é tão estúpido quanto não admitir enganos em si.

A mídia maliciosa utiliza esses dois métodos (ou modus operandi) para dominar a inteligência popular: repetir exaustivamente informações falsas para que soem verdadeiras, e e incitar o ódio contra quem quer destruir. Feito isto, dificilmente o cidadão poderá desfrutar de sua inteligência intrínseca para chegar ao conhecimento da verdade, e estará enredado pelo mal, que invariavelmente estará contra si mesmo.

Não gosto de levantar problemas sem ao menos estudar uma solução. Indico a pluralidade de informações, sem dispensar o pensamento contrário; a busca por comprovações, hoje facilitada pela internet; o cultivo do amor ao próximo, sem o que não se conhece a sua realidade. Chamar um semelhante de burro é falta de amor.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Sugestões para a campanha política

Compartilhar ao máximo as decisões do TSE suspendo fakenews  para que pessoas bem intencionadas abram os olhos.

Mostrar as votações de Jair Bolsonaro em todos os projetos do Michel Temer para mostrar que com ele o povo já perdeu.

Mostrar que Haddad é um homem de bem, homem de família, honesto, e que teve sua administração em São Paulo premiada até pela ONU.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Uma técnica para melhorar o humor e o bem-estar

Vi uma pequena aula de Leandro Percário, no YouTube, ontem, em que ele ensina uma técnica para melhorar o humor e o bem-estar. Por se tratar de um problema que afeta a quase todos nos nosso dias, vou deixar registrado aqui. Ele ensina:


  1. Aspire com ar de sorriso até encher os pulmões. Solte lentamente. Repita várias vezes.
  2. Pense em algo de que você é grato. Repita o exercício  várias vezes com esse pensamento.
  3. Pense numa qualidade que você tem. Repita o exercício, dizendo mentalmente: "eu sou essa qualidade".


Leandro Percário é especialista em TFT.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Avaliação de matérias regionais no DT

Pesquisa DataDT revela que as matérias mais apreciadas no Diário de Tatuí são as referentes a empregos, cursos e - claro! - crimes e acidentes extraordinários. Mas o objetivo da pesquisa não foi esse, mas sim avaliar as postagens regionais de interesse local. Verificamos apenas os acessos via Facebook. 

O resultado confirma o interesse dos cidadãos tatuianos além do limite do município. Balonismo em Iperó = mais de 6,6 mil visualizações; Meninos assassinados pelo pai em Boituva = mais de 8 mil; PM baleado pela própria arma em Cesário Lange = 2,3 mil; Sequestro em Itapetininga = 1,1 mil; acidente grave em Boituva = 9,6 mil; tombamento de prédios e locomotivas em Iperó = 1,5 mil. 

Também foram sucesso as matérias sobre o movimento #elenão em Tatuí = 10 mil visualizações via Facebook, e esquentou a seção de comentários, que se dividiram entre os contrários e os favoráveis ao candidato anticristo, e pouquíssimos -três? - que quiseram censurar o jornal, mas que foram respondidos tecnicamente e aceitaram as explicações.

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Ranking dos partidos se a eleição presidencial fosse futebol

1 - PT = 4 vezes campeão: Lula (2002 e 2006) e Dilma (2010 e 2014); 4 vezes vice-campeão: Lula (1989, 1994 e 1998) e Haddad (2018).
2 - PSDB = 2 vezes campeão: FHC (1994 e 1998); 4 vezes vice-campeão Serra  (2002 e 2010), Alckmin (2006) e Aécio (2014).
3 - PRN = 1 vez campeão: Collor (1989).
3 - PSL = 1 vez campeão: Bolsonaro (2018).
5 - PSB = 2 vezes 3° colocado: Garotinho (2002) e Marina (2014).
5 - PDT = 2 vezes 3º colocado: Brizola (1989) e Ciro (2018).
7 - Prona = 1 vez 3º colocado: Enéas (1994).
7 - PPS = 1 vez 3º colocado: Ciro (1998).
7 - Psol = 1 vez 3º colocado: Heloísa Helena (2006).
7 - PV = 1 vez 3º colocado: Marina (2010).