quarta-feira, 28 de julho de 2010

Paulo Setúbal e o Aurélio

O que é grafonola? - perguntou a Maéli. Eu também não sabia. Maéli está se preparando para o concurso Paulo Setúbal Show e o tema deste ano é o livro Alma Cabocla. A palavra aparece na poesia Vida Campônia.

Vou ver no dicionário, respondi. Peguei o Aurelião e lá estava o verbete: Grafonola. S. f. Obsol. Fonógrafo: "E nessa calma, enquanto rola / A lua pela amplidão, / Subitamente se evola / O som duma grafonola, / Quebrando a paz do sertão." (Paulo Setúbal, Alma Cabocla, p. 37.)

Está aí a resposta. É fonógrafo. Alma cabocla me mandou para o Aurélio e o Aurélio me mandou de volta para o Alma Cabocla. Só que o "e" do primeiro verso, que aparece no Dicionário, não consta na obra de Setúbal. O Aurélio quebrou o pé do verso.

domingo, 11 de julho de 2010

foto

Fotografia que me foi enviada por Bruno Antunes
Fotos de Fotos de mural – Sonico

Conexão Cristã

Tive por bem mudar o nome de um blog. O que antes se chamava Comunicação Cristã passei a chamar Conexão Cristã. Consequentemente, o endereço também mudou, trocando o m pelo n, e mantendo o n final em substituição ao a com til.. Portanto, quem quiser conhecer esse blog deve ir para o endereço www.concristan.blogspot.com. O assunto é a vida cristã e janelas para a mídia em geral em assuntos pertinentes.

Que Deus abençoe meus amigos.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Futebol

O futebol, como o conhecemos, teve origem na Reino Unido, o que dá ao País o direito exclusivo de participar das copas com mais de uma seleção: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. A nomenclatura do esporte tem sua origem no inglês. No entanto, descobriu-se que na China, há cerca de 2.500 a 3.000 anos aC, já se praticava um esporte muito parecido com o futebol atual e os chineses foram reconhecidos pela FIFA como os inventores do esporte.

O futebol é para as pessoas esporte, recreação, exercício físico, espetáculo e profissão. Os times tem suas torcidas compostas por fãs influenciados desde crianças por pais e amigos. O fanatismo pode muitas vezes chegar à violência contra a torcida adversária. É curioso que esse fanatismo é exclusividade da torcida, já que os jogadores, sendo profissionais, defendem, não o seu time de coração, mas o seu empregador que lhe paga os salários. É comum um jogador ser considerado ídolo por uma torcida e, pouco tempo depois, atuar contra o time dela. 

O órgão dirigente máximo do futebol mundial é a FIFA. Um brasileiro, João Havelange, foi responsável pela disseminação do esporte no mundo. Foi com ele que a FIFA juntou um número de países membros maior que o das Nações Unidas. No entanto, ao contrário de outras federações esportivas, a FIFA não adota a tecnologia como ferramenta de transparência e justiça nos jogos. Considera que os erros dos árbitros é benéfica à divulgação do futebol por meio das polêmicas. E os árbitros acabam conhecidos como ladrões.

Como a maioria dos esportes, o futebol traz alegria e tristeza simultaneamente. É preciso que uns percam para que outros ganhem. Uns precisam chorar para que outros festejem. A Lei de Gérson - levar vantagem sempre - é a meta. Sem compaixão. Quando há forte rivalidade entre torcidas, chega-se mesmo a torcer pela derrota de certo time, mesmo que isso não traga nenhum benefício direto ao seu time do coração. A violência entre os jogadores também tem sido notada, verdadeiros crimes praticados contra colegas de profissão. Nota-se que as lesões corporais, mesmo sendo presenciadas por milhares de pessoas, gravadas em vídeos e transmitidas por televisão, ninguém é autuado pela Polícia ali presente. Por falar em Polícia, é ela que faz a segurança nos jogos, mesmo quando praticados em estádios particulares.

O copa mundial de futebol revela no Brasil a maior declaração de patriotismo do povo. As empresas e as repartições públicas fecham para que todos assistam aos jogos da seleção pátria. A bandeira do Brasil e o Hino Nacional passam a fazer parte do cotidiano das pessoas. 

Os jogadores de futebol, mesmo os medíocres, são mais conhecidos do que os cientistas com publicação em revistas especializadas. O torção de um tornozelo de jogador vende mais jornal do que a descoberta de uma vacina. O maior número de gírias no País é composto por termos oriundos do futebol. O presidente da República faz questão de utilizá-las. Futebol é assunto certo para fazer amizade entre nós, brasileiros.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Carta a Filemon

Paulo, prisioneiro de Jesus, o Ungido, e o irmão Timóteo ao amado Filemom, nosso cooperador, e à nossa amada Áfia, e a Árquipo, nosso camarada, e à igreja que está em tua casa: graça a vós e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus, o Ungido.


Graças dou ao meu Deus, lembrando-me sempre de ti nas minhas orações; ouvindo do teu amor e da fé que tens para com o Senhor Jesus, o Ungido, e para com todos os santos; para que a comunicação da tua fé seja eficaz no conhecimento de todo o bem que em vós há pelo Ungido, Jesus. Tive grande gozo e consolação do teu amor, porque por ti, ó irmão, as entranhas dos santos foram recreadas.


Por isso, ainda que tenha no Ungido grande confiança para te mandar o que te convém, todavia peço-te antes por amor, sendo eu tal como sou, Paulo, o Velho, e também agora prisioneiro de Jesus, o Ungido. Peço-te por meu filho Onésimo, que gerei nas minhas prisões; que noutro tempo te foi inútil, mas agora a ti e a mim muito útil; eu to tornei a enviar. E tu torna a recebê-lo como às minhas entranhas. Eu bem o quisera conservar comigo, para que por ti me servisse nas prisões das boas novas; mas nada quis fazer sem o teu parecer, para que o teu benefício não fosse como por força, mas voluntário. Porque bem pode ser que ele se tenha separado de ti por algum tempo, para que o retivesses para sempre, não já como servo, antes, mais do que servo, como irmão amado, particularmente de mim, e quanto mais de ti, assim na carne como no Senhor. Assim, pois, se me tens por companheiro, recebe-o como a mim mesmo. E, se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, põe isso à minha conta. Eu, Paulo, de minha própria mão o escrevi; eu o pagarei, para te não dizer que ainda mesmo a ti próprio a mim te deves. Sim, irmão, eu me regozijarei de ti no Senhor; recreia as minhas entranhas no Senhor.


Escrevi-te confiado na tua obediência, sabendo que ainda farás mais do que digo.


E juntamente prepara-me também pousada, porque espero que pelas vossas orações vos hei de ser concedido. Saúdam-te Epafras, meu companheiro de prisão pelo Ungido, Jesus, Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores.


A graça de nosso Senhor Jesus, o Ungido, seja com o vosso espírito. Assim seja!

domingo, 4 de julho de 2010

Diário de Tatuí

Sempre muito voltado para a minha cidade, criei neste blog uma seção chamada Diário de Tatuí. Mas os assuntos eram tantos que estavam predominando sobre os demais temas. Foi assim que resolvi criar um novo blog - diariodetatui.blogspot.com. Há pouco tempo, resolvi colocar contador de visitas nos meus blogs e tive grata surpresa. Muita visita e principalmente no Diário de Tatuí. Agora, estou preocupado de ter meu pouco tempo disponível absorvido por ele e que não esteja correspondendo às expectativas neste blog. Vou fazer o possível para não decepcioná-los por aqui.  []s