segunda-feira, 26 de abril de 2010

UMA OUTRA POESIA (Odimar Martins)

À beira de um rio, uma vez
ela me falou como quem escreve:
- Se não conheces profundidade,
não arrisques um mergulho.

Um dia, andando pela rua
falei de amor. E ela:
- Se não conheces distâncias,
nunca inicies um caminho.

Uma hora, falei de saudade
e ela, como quem chora:
- Se não conheces o tempo,
não marques um encontro.

Um instante houve em que os lábios
quase se encontraram. E ela disse:
- Se não conheces a arte da esgrima,
não saberás o lado com que o sabre fere.

Hoje me encontro à beira de um rio
a lembrar alguém que passou.
- Se não conheces ternura,
não entenderás estes versos.

terça-feira, 20 de abril de 2010

achados... FRAGMENTOS 3 (Manuel Bandeira)

Todos os dias a poesia reponta onde menos se espera: numa notícia policial dos jornais, numa tabuleta de fábrica, num nome de hotel da Rua Marechal Floriano, nos anúncios da Casa Matias... Poesia de todas as escolas. Parnasiana: "Fábrica Nacional de Artigos Japoneses" (não sei se ainda existe, era na praça da República). "Surréaliste"; "Hotel Península Fernandes" (ao meu primo Antoninho Bandeira, que perguntou ao proprietário português: "Por que Península Fernandes?", respondeu o homem: "F'rnandes porque é o meu nome, e Península porque é bonito!" Por aí assim, românticos, simbolistas, futuristas, unanimistas, integralistas...

Faltava à minha lista algum haicai. Acabo de achar vários agora, e estupendos, onde menos esperava: num livro de fórmulas de toilette para mulheres.

Alguns exemplos:"


Água de rosas
Glicerina
Bórax
Álcool"

Que brilho verbal, que surpresa para o ouvido na sonoridade seca da palavra álcool depois da musicalidade um pouco solta dos dois primeiros versos e desfazendo num como acorde suspensivo a cadência  perfeita do verso bórax!

"Tintura de benjoim
Borato de sódio
Tintura de quilaia
Água de rosas


Água de Colônia
Água de flores de laranjeira


Borato de sódio
Mentol

Óleo de rícino
Óleo de amêndoas doces
Álcool de 90º
Essências de rosas"

Dirão que o haicai tem só três versos. Pois aqui vai um:


"Pó de arroz
Talco
Subnitrato de bismuto"

Outro:


"Água de rosas
Ácido bórico
Essência de mel da Inglaterra"

Há mesmo um que constitui um verdadeiro "epigrama irônico e sentimental". Senão, vejam:

"Leite de amêndoas
Bicloreto de mercúrio"

O livro de Marie d'Osny encerra, nestas e outras receitas, uma lição e um exemplo de poesia.

Crônicas da Província do Brasil, 1937, crônicas, Civilização Brasileira.

Qual o tamanho de uma orquestra?

O tamanho de uma orquestra pode variar de acordo com alguns fatores. Pode ser grande (Orquestra Sinfônica) ou reduzido (Orquestra de Câmara). O critério é a intenção do compositor ao escrever uma peça, suas ideias musicais. É ele que decide quantos e quais os instrumentos necessários. E aí, da mesma forma que as ideias dos compositores são bastante variadas, as formações orquestrais também podem ser.
Fonte:Guia Médico comemorativo Tatuí, Capital da Música - Unimed Tatuí

sexta-feira, 16 de abril de 2010

O tempo do destino (Mariana Ferreira)

O destino trapaceiro traça
sua trilha de tramas e truques,
atrelado a um trôpego tempo
em que trafega sem diretriz.
Me atrevi a atravessar as trevas
retratadas pela tristeza e transpus,
através do que trago nas entranhas,
à destruição encontrada na estreita estrada de tropeços.
O triunfo em transpor aos entraves da travessia,
em transcender às trapaças e às traições,
é atributo de um trabalho sem tréguas.
Na trajetória do tempo transcorrido,
o destino transfigurava seu transcurso.
Tragicômico.
Teatral...

sábado, 10 de abril de 2010

quadrinhos: 2

Quadro 1 - Um belo campo com arbustos e flores.
Quadro 2 - Rapidamente, um homem lança de um balde garrafas e frascos de plástico diversos ao chão.
Quadro 3 - Uma voz saindo da terra diz - o que eu vou fazer com isso? - enquanto o homem sai descontraidamente.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

as palavras sofrem: RETIRAR, EXTRAIR

É comum vermos no final de matérias de jornais e revistas as expressões "extraído do jornal..." ou "retirado da revista ..." para citar a fonte de onde veio a matéria. Mas, se pensarmos melhor, o artigo não foi retirado nem extraído de seu lugar de origem, ele está lá, intacto. Seria mais correto dizermos "transcrito do jornal O Progresso de Tatuí..." ou simplesmente "Do jornal O Progresso de Tatuí..." Mas, como não é o dicionário que faz o costume, mas o costume que faz o dicionário...

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Nome ou sobrenome?

Você já deve ter deparado com uma pessoa que parece que não tem sobrenome ou que o nome parece estar invertido com o sobrenome. É verdade. Pelas minhas pesquisas, pude notar que qualquer nome pode ser sobrenome de alguém, e vice-versa. Vejam minha lista até o momento. Nome ou sobrenome?


  1. Adão - Michelly Adão /Adão da Silva.
  2. Adelino - Gabriela Oliveira Adelino / Adelino de Carvalho.
  3. Adriano -  Dorotéia de Fátima Adriano / Adriano M. Cleto.
  4. Afonso - Terezinha Afonso / Afonso Pena.
  5. Aires  - Aires Alcides Marcelo / Venâncio Aires.
  6. Alexandre – Luzia Vicentina de Oliveira Alexandre; Wilson Alexandre / Alexandre Dumas.
  7. Alice - Luiz Henrique de Alice / Alice Ruiz
  8. Amaral - Nelson Marcondes do Amaral / Amaral Henrique de Souza.
  9. André - Maria André, Bruno Affonso de André (desembargador)/ André de Biase.
  10. Ângelo – Antonio Carlos de Ângelo / Ângelo Monteiro.
  11. Antonio - Maria Cecília Antonio; Roberto Carlos Antonio / Antonio Fagundes.
  12. Aparecido – Rosemeire Domingues Custódio Aparecido / Aparecido Borges.
  13. Augusto – Marcus Marcelus Augustus Augusto / Augusto dos Anjos.
  14. Benedito – Audinéia Benedito; Luiz de Benedito / Benedito Antonio da Silva.
  15. Bernardino - Sônia Bernardino / Bernardino de Campos.
  16. Bernardo – Vanilda Bernardo  / Bernardo Guimarães.
  17. Braz – Wenceslau Braz / Braz de Jesus Cardoso, Braz Cubas.
  18. Caetano - Mariana Caetano; Benedito Caetano / Caetano Veloso.
  19. Camargo – Camargo Soares de Almeida (nome de rua em Porangaba) e Camargo Barros (nome de rua em C. Lange) / Dirceu Pires de Camargo.
  20. Camilo – Washington Machado Camilo / Camilo Antonio Leite.
  21. Cândido – Aline Aparecida Cândido /Cândido Portinari.
  22. Carlos – José Maria Carlos (carcereiro); Michel Aparecido Carlos / Carlos Berger.
  23. Catarina - Raphael Gameleira Catarina / Catarina Martins.
  24. Cláudio - Estevan Maier Cláudio / Cláudio Marzo .
  25. Clementino – Priscila Silva Clementino / Clementino de Moraes..
  26. Conceição - André Luiz Coelho Conceição (pesquisador da FFCL de Ribeirão Preto) / Conceição Aparecida Dias Kramek. 
  27. Custódio – Rosemeire Domingues Custódio / Custódio Mattos.
  28. Dario - Marilene Dario / Dario Pires.
  29. David - Lídia David / David Miranda.
  30. Dionísio – Victor Gualberto Dionísio / Dionísio Rubens Lopes
  31. Elias - Dr.Anderson Rodrigues Elias / Elias da Silva.
  32. Fernandes – Fernandes Francelino Rodrigues (Capela do Alto) / Fernanda Fernandes.
  33. Florindo - Djenisson Antonio Rodrigues Florindo / Florindo Gonçalves Escarameia
  34. Francisca - Fábio Vicente Francisca / Francisca Rodrigues..
  35. Francisco – José Adevânio Francisco; Luiz Felipe Francisco (juiz) / Francisco Mendes.
  36. Gabriel - Marilim Gabriel / Gabriel de Lara
  37. Gabrieli – Antonio Carlos Gabrieli / Gabrieli Berger.
  38. Gaspar - Sueli de Fátima Gaspar / Gaspar da Gama.
  39. Geraldo – Geni Morato Geraldo / Geraldo Bonadio.
  40. Genésio - Andreo Clodoaldo Genésio / Genésio Rodrigues.
  41. Guilherme – Carlos Lourenço Guilherme (Capela do Alto) / Guilherme de Almeida.
  42. Henrique – Messiéli Henrique; Claudete Henrique / Henrique Rafael Miranda.
  43. Inácio - Eliete Fernanda A. Inácio / Ignácio de Loyola Brandão
  44. Irineu – Vivian Menezes Irineu  / Irineu Gasparetto.
  45. Isaías - José Antonio Isaías / Isaías da Silva.
  46. Ismael - Antonio Sérgio Ismael (médico em Sorocaba) / Ismael Silva.
  47. Israel - Renato da Silva Israel / Israel Mendes da Silva.
  48. Jerônimo - Cecília Jerônimo / Jerônimo Antonio Fiúza.
  49. Jesus - Lucas Jesus / Jesus Cristo.
  50. Joaquim – Augusto Joaquim Neto; Gilberto Joaquim / Joaquim Nabuco.
  51. Jorge – Antonio O. Jorge / Jorge Amado.
  52. José – Fernando de Souza José / José Alencar.
  53. Juliano - Paulo César Juliano / Juliano J. Totta da Silva
  54. Julio – Frederico Julio; Aurora A. Julio / Julio Yassuo Hamada.
  55. Leandro – Valdir Augusto Miranda Leandro / Leandro Amaral.
  56. Leonardo – Maria L. M. Leonardo; Leandro Leonardo (é verdade! e nasceu antes da dupla despontar no cenário musical) / Leonardo da Vinci.
  57. Lino - Terezinha dos Santos Lino / Lino Martins da Silva
  58. Lourenço - Cláudio Lourenço / Lourenço Ceciliato.
  59. Lucas - Bruno de Jesus Lucas / Lucas Leiva.
  60. Luciano – Alcina Luciano; Isolina Luciano (Cesário Lange) / Luciano Camargo.
  61. Lúcio – Beverly Lúcio / Lúcio Costa.
  62. Luiz – Celso P. Luiz; Thauã de Souza Luiz / Luiz Inácio Lula da Silva.
  63. Manoel – Tânia Regina Manoel; Sérgio Luiz Campos Manoel (S. Bernardo do Campo). / Manuel Bandeira
  64. Marcelo - Aires Alcides Marcelo; Élson Marcelo / Marcelo Ferreira.
  65. Mariano - Ari Donizete Mariano / Mariano Ferreira Filho.
  66. Marta - André Luiz Marta / Marta Antunes Miranda.
  67. Martins – Martins Halscik / Odimar Martins.
  68. Mateus - Maria Helena Mira Mateus - Mateus Peixoto.
  69. Matias – Américo Matias / Matias Fernandez.
  70. Maurício – Leandro Maurício / Maurício Loureiro Gama.
  71. Mariano - André Mariano / Mariano Rodrigues da Costa
  72. Miguel – Ana Cláudia Dabus Guimarães e Souza de Miguel (juíza em Barueri).
  73. Moisés - Flávio Augusto Moisés / Moisés Miastkwoski.
  74. Neiva - Maria Lúcia Neiva / Neiva Coelho.
  75. Nicolau - Dácio Tadeu Viviani Nicolau / Nicolau Copérnico
  76. Oliveira - Oliveira Donizeti da Silva / Paulo de Oliveira.
  77. Oscar - Juraci Oscar / Oscar Niemeyer.
  78. Otávio – José Carlos Otávio / Otávio Azevedo
  79. Paula - Abimael Leite de Paula / Paula Fernandes.
  80. Paulino - José Carlos Paulino / Paulino de Almeida Brito.
  81. Paulo – Marisa F. G. Paulo; Leonel Salvador Paulo / Paulo Setúbal.
  82. Pedro – Dirce Aparecida Pedro; Manoel Pedro; Antonio Donizete Pedro.
  83. Rafael - Luiz Carlos Rafael / Rafael Nadal.
  84. Reis - Joaquim Silvério dos Reis / Reis Cassemiro da Silva
  85. Raimundo - Juliana Antonio Raimundo / Raimundo Correia
  86. Ricardo - Jerônimo Aparecido Ricardo / Ricardo Prado.
  87. Rita – Lucas Henrique Rita; Benedito Rita; Rute O. Rita; Noemi Rita.
  88. Roberto - Zaida Graziele de Abreu Roberto / Roberto Carlos Braga.
  89. Rogério - João Rogério / Rogério Ceni.
  90. Roque - José Gilson Roque;. Luís Roque / Roque Cortese.
  91. Rosa – Mauri D. O. Rosa / Rosa Luxemburgo.
  92. Rubens – Petrus Paulus Rubens / Rubens Barrichelo.
  93. Rui – Márcia Aparecida Rui / Rui Barbosa.
  94. Salomão - Margarida Salomão (deputada federal) / Salomão Terra (músico)
  95. Samuel - Caio Corrêa Samuel  / Samuel Martins.
  96. Sebastião – Pedro Sebastião; Weslei Leal Sebastião / Sebastião Salgado.
  97. Silvério – Silvério Pereira Rosa / Silvio Silvério.
  98. Simão - Ana Carolina Rodrigues Simão / Simão Pedro.
  99. Tiago - Carlos Roberto Garcia Tiago / Tiago Camilo.
  100. Teodoro - Paulo Sérgio Teodoro / Teodoro Vieira de Camargo.
  101. Teófilo - Wadih Jorge Elias Teófilo / Teófilo Andrade Gama
  102. Tomaz – Ricardo R. Tomaz / Tomaz de Figueiredo.
  103. Urbano - José Walmor Urbano / Urbano Rodrigues Machado
  104. Valter - Wellington Valter / Valter Silva
  105. Valério - Waldir Martins Valério /   Valério D'Ospina .
  106. Vanderlei - Roseane Vanderlei / Vanderlei Cordeiro de Lima
  107. Vicente – Maria Vicente / Vicente Pereira da Silva.
  108. Xavier - Xavier de Aquino, do Tribunal de Justiça SP / Francisco Cândido Xavier.
  109. Wagner - Eliana Wagner / Wagner Rossi
  110. Wanderley - Indalécio Wanderley / Wanderley Bocchi
  111. Washington - Aroldo José Washington / Washington Luís
  112. Zacarias – Paulo H. Zacarias / Zacarias Rolim.

sábado, 3 de abril de 2010

O VENTO VAI RESPONDER (Bob Dylan e Zé Ramalho)

Quantos caminhos se tem que andar
Antes de tornar-se alguém?
Quantos dos mares temos que atravessar
Pra poder na areia descansar?
Quantas mais balas perdidas voarão
Antes de desaparecer? 
Escute o que diz o vento, my friend,
O vento vai responder.

Quantas vezes olharemos o céu
Antes de saber enxergar? 
Quantos ouvidos terão o poder
Para ouvir o povo chorar?
Quantas mais mortes o crime fará 
Antes de se satisfazer?
Escute o que diz o vento, my friend,
O vento vai responder.

Quantos anos pode uma montanha existir
Antes do mar lhe cobrir? 
Quantos seres ainda irão torturar
Antes de se libertar? 
Quantas cabeças viraram assim 
Fingindo não poderem ver?
Escute o que diz o vento, my friend,
O vento vai responder.