sexta-feira, 26 de maio de 2017

Cata-frases

"Vamos recorrer. Discordamos e cremos que isso [absolvição de Cláudia Cruz] decorre muito mais de um coração generoso do doutor Sérgio Moro na interpretação de um fato envolvendo a esposa de uma pessoa sabidamente ligada à corrupção".

procurador Carlos Fernando dos Santos Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário