terça-feira, 27 de maio de 2014

Paulo Coelho e a Copa

Quando Paulo Coelho podia se manifestar contra a realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, ele apoiou e integrou a comitiva nacional para a escolha. Agora que tivemos todas as despesas para prepararmos a estrutura necessária e sem tempo para alterações, ele difama o país na Europa de forma inconsequente. Parece que o que ele quer é mesmo fazer é fazer se marketing pessoal: quando o povo queria a copa, ele estava lá, quando parte do povo se manifesta contra, ele muda pra cá. Se não for marketing pessoal será coisa pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário