sábado, 24 de maio de 2014

minicontos / Tweetconto

Passos na noite. Não levantes, minha mãe, está frio! E vejo mãos que se levantam e um cobertor que desce sobre mim, como bênção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário