domingo, 4 de setembro de 2011

homens vivem amargamente
o Eden já não lhes pertence
espadas de fogo não lhes permitem a felicidade
almas aflitas clamam por liberdade
Deus lhes acena de seu santo trono

Nenhum comentário:

Postar um comentário