sábado, 7 de novembro de 2009

Ele vive sem dinheiro


SEX, 06/11/09


POR MARIANA WEBER |



Foto: Mark Boyle
Foto: Mark Boyle
Quando li sobre o economista Mark Boyle, que neste mês completa um ano vivendo sem usar dinheiro, pensei logo nos itens de que eu sentiria falta se embarcasse em uma experiência semelhante. Em um artigo noGuardian, Mark contou que escova os dentes com uma pasta feita de conchas e sementes de erva doce, trocou papel higiênico por jornal velho, planta a própria comida e usa energia solar para carregar o notebook e o celular (que só atende ligações) trazidos da época em que ainda ia às compras. Ele estacionou seu trailer em uma fazenda inglesa de orgânicos (em troca de dias de trabalho) e resolveu ficar sem gastar nem um centavo por um ano para chamar atenção para questões ambientais: diz que o dinheiro é uma ferramenta que distancia o consumidor dos produtos, ocultando o impacto de cada compra.

Um comentário:

  1. Muito interessante. Bacana a iniciativa dele, mas confesso que eu não conseguiria. Tem que ter muita força de vontade e atitude. Parabéns a ele.

    ResponderExcluir