sábado, 7 de julho de 1979

FULGOR

Menina, vejo em teus olhos
cristais de raro fulgor.
São pedras que, cintilando,
refletem juras de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário